Kim Jong-un e Donald Trump encontram-se em Singapura

Fonte: CRI Published: 2018-06-12 11:37:09
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O supremo líder da República Popular Democrática da Coreia (RPDC), Kim Jong-un, e o presidente norte-americano, Donald Trump, realizaram hoje (12) em Singapura o primeiro encontro entre oslíderes na históriados dois países. O foco do diálogo consiste na desnuclearização da Península Coreana e no alívio da tensão nas relações bilaterais. 

Às 9:00h, no Hotel Capella, localizado na ilha Sentosa, Kim Jong-un e Donald Trump caminharam em direção um ao outro pelos dois lados do tapete vermelho, dando simultaneamente o importante passo para a solução política da questão da Península Coreana.

No centro do tapete vermelho, os dois líderes apertaram as mãos por alguns segundos e foram fotografados juntos. Em seguida, entraram na sala da reunião. Trump afirmou que aguarda o sucesso da conversa e acredita que ambos os lados possam estabelecer um bom relacionamento. Kim Jong-un disse que não foi fácil obter avanços nas relações bilaterais, pois ambos venceram vários obstáculos. 

Segundo a Casa Branca, o encontro entre RPDC e EUA deve durar um dia e incluir o encontro dos líderes, conversações entre os dois governos e um almoço de trabalho conjunto. 

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Layanna Azevedo

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

FIFA Fan Fest da Copa do Mundo realizada em Moscou
Yangzhou realiza competição de barcos do dragão para receber Festival
Fotos de flores de lótus em Hefei
Floresta de bambu no sul da província Sichuan
Milhões de estudantes chineses participam do Gaokao 2018
Paisagens noturnas de Qingdao

Notícias

Jornalista do CRI Português lança livro sobre as melhores seleções brasileiras da história
Kim Jong-un e Donald Trump encontram-se em Singapura
China impulsiona OCS com cooperação mais efetiva e ação mais reforçada
Discurso de Xi Jinping na cúpula da OCS gera repercussão internacional
“Espírito de Shanghai” destaca cooperação amistosa nas relações internacionais, diz diplomata do Paquistão
Xi Jinping encontra-se com presidente iraniano