Chanceler chinês reúne-se com colega norte-americano em Washington

Published: 2018-05-24 10:52:14
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Depois da visita à Argentina, o conselheiro de Estado e chanceler chinês, Wang Yi, encontrou-se ontem (23) em Washington com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo. Os dois altos oficiais trocaram opiniões sobre as relações sino-norte-americanas e outras questões de interesse comum.

Na reunião, Wang Yi apontou que perante a complexidade do cenário internacional, os dois países devem trabalhar juntos nos seguintes pontos, a fim de manter um desenvolvimento saudável e estável das relações bilaterais. Primeiro, deve-se desempenhar o papel de orientação estratégica dos dois chefes de Estado, direcionando o desenvolvimento do relacionamento sino-norte-americano. Segundo, as cooperações de benefício recíproco devem ser aprofundadas em vários setores, e se tornarem estabilizadoras da parceria bilateral. O terceiro ponto é que os países devem lidar adequadamente com as divergências e problemas, removendo os obstáculos para o desenvolvimento das relações bilaterais. Enquanto a ampliação das cooperações nos assuntos regionais e internacionais, enriquecendo o conteúdo da parceria bilateral, é mais um ponto para os dois países trabalharem em conjunto.

Por sua vez, Pompeo lembrou que os EUA e a China não só são duas potências de grande influência, mas também as duas maiores economias do globo. Desta forma, as relações bilaterais possuem extrema importância. Mesmo com algumas divergências, os dois países contam com enormes oportunidades para efetuar cooperações. De acordo com o secretário de Estado, as relações EUA-China não são de soma zero e os EUA estão dispostos a promover a parceria. Disse ainda que o presidente Trump valoriza as boas relações de trabalho e a amizade pessoal com o presidente Xi Jinping, e espera continuar a manter uma comunicação estreita com o líder chinês.

Em relação à questão de Taiwan, Pompeo reiterou a posição inalterada dos EUA sobre a política de “Uma só China”. Sobre a questão econômica e comercial, o secretário de Estado norte-americano disse esperar que o consenso seja detalhado e materializado para beneficiar os dois povos.

Os dois altos oficiais também trocaram opiniões sobre a questão da Península Coreana.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Layanna Azevedo    

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea da zona cênica da montanha Laoshan em Qingdao
Rússia lança nota de 100 rublos comemorativa da Copa do Mundo 2018
Cerimônia de graduação realizada na Universidade de Artes de Nanjing
Festival das flores: Chelsea Flower Show
10,000 visitantes compartilham tofu de 3,5 toneladas
Começou a Semana de Ciência e Tecnologia em Beijing

Notícias

China corta tarifa de importação de carros
Conheça o “Banco da Vida” em Shenzhen, maior banco de genes do mundo
Presidente da Argentina recebe Wang Yi em Buenos Aires
Wang Yi aborda complementariedade econômica com chanceler da Bulgária
Inovação tecnológica contribui para o desenvolvimento de Shenzhen
Chanceler chinês pede multilateralismo e melhoria da governança global