Premiê da Noruega diz que China defende e EUA ameaçam livre comércio

Published: 2018-04-07 19:05:48
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Premiê da Noruega diz que China defende e EUA ameaçam livre comércio

Premiê da Noruega diz que China defende e EUA ameaçam livre comércio

A primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, afirmou no Congresso Nacional do Partido Conservador, nesta sexta-feira (6), que as políticas de Donald Trump consistem em ameaça para o livre comércio. Ao mesmo tempo, disse ela, a China se mostra uma defensora do livre comércio.

Recentemente, os EUA anunciaram aumento das tarifas de importação do aço e alumínio. O Canadá e as economias da União Europeia (UE) estão temporariamente isentos. Porém, como a Noruega não é membro da UE, foi afetada pela decisão norte-americana. Na reunião, a primeira-ministra está preocupada com a tendência  de protecionismo. Ela criticou as ações protecionistas norte-americanas e alertou sobre os riscos da guerra comercial no passado. 

Segundo a primeira-ministra, hoje, a guerra comercial e o protecionismo global são as ações mais indesejadas para o mundo, já que impactarão muitos países, assim como difilcultarão o desenvolvimento sustentável da Noruega. Na história, o protecionismo de longo prazo conduziu à recessão econômica, guerra e conflitos. A primeira-ministra sugeriu que a comunidade internacional se oponha a esse comportamento. A Noruega busca um comércio livre e justo, disse ela. 

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Um ginásio especial em Chengdu
Visite grandes buracos naturais na terra em Yunnan
Flores desabrocham em montanhas da Grande Muralha em Beijing
Hainan tem primeira ferrovia de alta velocidade que rodeia uma ilha no mundo
Aldeões decoram paredes de casas em Jiangxi
Piscinas de peixes criam diferentes formas no Rio Hongshui

Notícias

Premiê da Noruega diz que China defende e EUA ameaçam livre comércio
Base jurídica da investigação da “Seção 301” é questionada
Déficit comercial dos EUA com China é armadilha
Putin visitará a China em junho
Turquia, Rússia e Irã alcançam vários consensos sobre solução política da questão síria
Sanção norte-americana visa obstruir indústria de alta tecnologia chinesa