Putin visitará a China em junho

Published: 2018-04-06 17:33:04
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O presidente russo, Vladimir Putin, encontrou-se ontem (5) com o chanceler e enviado especial do presidente chinês, Wang Yi, no Kremlin em Moscou. Eles trocaram congratulações quanto às recentes eleições presidenciais dos dois países, e esperam a realização da Cúpula de Qingdao da Organização de Cooperação de Shanghai.

Segundo Wang Yi, a China e a Rússia decidiram sobre assuntos políticos importantes. Ele transmitiu as congratulações do presidente chinês, Xi Jinping, a Vladimir Putin por ser reeleito para um quarto mandato. Xi Jinping acolhe a participação de Putin na Cúpula de Qingdao da Organização de Cooperação de Shanghai em junho, quando fará também uma visita oficial de Estado. Wang Yi pediu que os dois países acelerem os preparativos para garantir mais êxitos durante esta visita, abrir novas expectativas para as cooperações sino-russas e iniciar uma nova época nas relações bilaterais.

Putin congratulou Xi Jinping e a realização das “Duas Sessões”. Ele afirmou que as relações sino-russas são excelentes. A China e a Rússia são países vizinhos e parceiros naturais, e a parceria estratégica global foi uma decisão deliberada. O presidente russo espera visitar a China em junho e continuar mantendo uma comunicação estreita com Xi Jinping. As relações sino-russas alcançam progressos significativos e são favoráveis ao mundo todo, disse Putin.

Tradução: Nina Niu

Edição: Layanna Azevedo

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong