Índia assina 10 pactos com Bielorrússia

Fonte: Xinhua Published: 2017-09-13 20:53:27
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A Índia e a Bielorrússia assinaram 10 pactos nesta terça-feira, enquanto o primeiro-ministro, Narendra Modi, conversou com o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko.

Os acordos assinados entre os dois países buscam fortalecer a cooperação bilateral em diversos campos, inclusive em petróleo e gás, educação e esportes.

Durante suas conversas, Modi e o presidente bielorrusso concordaram em se concentrar no fortalecimento do engajamento bilateral em diversas áreas, incluindo defesa, comércio e investimento.

"Vamos encorajar o desenvolvimento conjunto e o setor de fabricação no setor de defesa no âmbito do programa Make in India," disse Modi em uma declaração da mídia após as negociações.

No início do dia, o presidente Lukashenko recebeu uma cerimônia de boas-vindas em Rashtrapati Bhawan (residência presidencial), onde foi recebido pelo presidente indiano, Ram Nath Kovind.

O vice-presidente indiano, Sr. Venkaiah Naidu, e o ministro das Relações Exteriores, Sushma Swaraj, também convocaram o presidente visitante antes de conversar com Modi.

O presidente Lukashenko chegou à capital na segunda-feira à noite em uma visita de dois dias, que coincide com os dois países comemorando o 25º aniversário das relações diplomáticas.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Ni Ni e Jing Boran posam juntos para "BAZAAR"
Canteiro de flores na Praça de Tiananmen
Paisagem de Shahu, no noroeste da China
Veja fotos do último dia do Rock in Rio 2017
Semana de Moda de Milão 2018
Exposição Gastronômica do Meio-Outono realizada em Chengdu

Notícias

UE adota medidas para enfrentar crise na segurança de alimentos
Beijing inicia construção de novo ponto de partida histórico
Lançado primeiro trem de carga refrigerado China-Rússia
Vice-premier chinesa é premiada pela Universidade de Nova York
Xi Jinping visita Exposição "Os 5 anos de mudanças da China"
Construção de alto padrão do subcentro de Beijing é promovida ordenadamente