É inaugurada em Genebra a Exposição de Progressos dos Direitos Humanos na China

Published: 2019-09-10 17:42:24
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Foi inaugurada nesta segunda-feira (9) no Palais des Nations, em Genebra, sede da ONU, a Exposição de Progressos dos Direitos Humanos na Nova China em 70 anos. Intitulada “Buscando a Felicidade para o Povo”, a exposição foi organizada pelo Gabinete de Imprensa do Conselho de Estado da China em parceria com a delegação permanente da China para a ONU em Genebra. Cerca de 40 diplomatas e mais de 300 funcionários das organizações internacionais, jornalistas e acadêmicos de cerca de cem países participaram da cerimônia de inauguração.

Através de fotos, mini vídeos e tecnologia VR, a exposição apresenta os progressos registrados pela China no setor dos direitos humanos nos últimos 70 anos.

O embaixador da China no Escritório das Nações Unidas em Genebra, Chen Xu, disse na cerimônia de inauguração que, nos últimos 70 anos, o empreendimento de direitos humanos da China registrou êxitos notáveis sob a liderança do Partido Comunista da China. Com o rápido desenvolvimento socioeconômico do país, a construção do Estado de Direito e o do bem-estar do povo estão sendo promovidos de forma constante. A China tem participado também na governança global dos direitos humanos e contribuído para construir a comunidade de destino compartilhado pela humanidade.

“Tendo o povo como seu centro, a China persiste em promover os direitos humanos através do desenvolvimento econômico, promoção do Estado de Direito e da abertura, conforme a situação prática do país. Sob a liderança do Partido Comunista da China, o povo chinês vai se unir para continuar seguindo o caminho do desenvolvimento com características chinesas, e se esforçar para realizar as metas de Dois Centenários para conquistar mais progressos nos direitos humanos.”

O diretor do Birô dos Assuntos de Direitos Humanos do Gabinete de Imprensa do Conselho de Estado da China, Lu Guangjin, disse no seu discurso que viver uma vida feliz é o direito humano mais importante para o povo chinês. Os 70 anos após a fundação da nova China foram 70 anos em que a China tem lutado pela vida feliz do seu povo e pelo desenvolvimento de todos os povos do globo.

“Com a conclusão da construção de uma sociedade moderadamente confortável e da urbanização do país, o povo chinês terá direitos ainda mais abrangentes. A China irá desempenhar um papel ainda mais importante para o empreendimento dos direitos humanos no mundo e para a diversidade cultural da humanidade.”

Os participantes avaliaram de forma muito positiva a exposição e os progressos registrados pela China nos direitos humanos. O embaixador russo em Genebra, Gennady Gatilov, elogiou a exposição.

“Essa é uma exposição criativa. Estamos gratos pelos progressos feitos pelo governo chinês em respeitar os direitos humanos e promover o desenvolvimento econômico, cultural e social. Acho que nos últimos 70 anos, a China conseguiu um grande êxito nesse setor. A Rússia e a China estabeleceram uma relação de parceria estratégica global e temos cooperações estreitas em diversas plataformas, incluindo na ONU e no Conselho de Direitos Humanos.”

A senhora Cecile Carlier trabalha no Escritório da ONU em Genebra. Ela ficou impressionada com as fotos e a tecnologia VR na exposição.

“Foi ótimo! Quero visitar a China. Lá tem paisagens pitorescas. Podemos perceber através desses vídeos a diversidade da história chinesa.”

A exposição durará até dia 13 de setembro.

Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Erasto

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Festival Internacional de Lanternas de Macau
Campeonato Mundial de Wingsuit Flying de 2019 realizado em Zhangjiajie
Bélgica, terra do chocolate
“Cidade Proibida” feita de 500 mil legos apresentada ao público
Museu do Palácio organiza exposição com tema de flores e árvores para celebrar o Dia Nacional
Flores em floração em Changchun

Notícias

China realiza reunião paralela sobre direitos humanos na ONU
Comentário: Crescimento estável do comércio exterior da China mostra resiliência da economia
Empresário dos EUA, Scott Kronick: “Experiência na China definiu minha vida”
China emite moeda comemorativa para celebrar 70º aniversário do país
Rio realiza Copa China para celebrar estabelecimento das relações diplomáticas
Heilongjiang segue caminho de desenvolvimento de alta qualidade