Empresário dos EUA, Scott Kronick: “Experiência na China definiu minha vida”

Published: 2019-09-09 19:21:32
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Scott Kronick nasceu em Michigan, nos EUA, e trabalha agora na China como CEO do Grupo Ogilvy, empresa norte-americana de branding. Ele vive na China há 25 anos e testemunhou o desenvolvimento desse país oriental.

Em 1995, o Grupo Ogilvy entrou no mercado na parte continental chinesa e estabeleceu escritórios em Beijing e Shanghai. Naquele ano, Scott tinha 32 anos e foi transferido de Taiwan até Beijing, começando assim sua vida na capital chinesa.

“Do ponto de vista de trabalho, era um momento perfeito. Eu gostei de trabalhar numa economia com rápido crescimento. E, pessoalmente, gostei muito da vida na China.”

A mãe de Scott é uma mulher independente e corajosa. Ela viajou por muitos lugares na China mesmo aos 70 anos idade. Scott disse que ele herdou o gene de explorar o mundo da sua mãe.

Na década de 90, o escritório de Beijing contratou apenas algumas pessoas. Scott disse que a reforma e abertura da China permitiu que muitas empresas internacionais tivessem acesso a um enorme mercado chinês. Desde então, muitas marcas de países desenvolvidos começaram entrar na China. Por ser uma empresa de branding e relações públicas, o Grupo Ogilvy passou a ter mais e mais negócios na China.

“Beijing é o centro da China e tem sido desde o início o nosso principal mercado de relações públicas. A nossa empresa não era a primeira a entrar no mercado chinês, mas estava entre uma das primeiras. O nosso serviço focava em tudo relacionado a construir e sustentar a marca.”

Atualmente, o Grupo Ogilvy tem mais de dois mil empregados. Scott disse que, sem dúvida, a China é agora o mercado mais importante da empresa no mundo.

“Eu encontrei meu verdadeiro chamado na Ásia e eu não poderia ficar mais feliz. Eu fico fascinado com tudo que está relacionado à China. Eu sou um norte-americano que vive na China, e espero poder trabalhar como uma ponte de comunicação entre culturas diferentes.”

Scott disse que a China registrou um progresso impressionante na área de inovação.

Era difícil de imaginar 20 anos atrás que a China seria um dia pioneiro de inovação tecnológica, como a tecnologia de 5G. Para Scott, o que a China conquistou hoje é resultado de trabalho duro dos chineses.

“Algo que eu gosto da China é a paixão e a atitude otimista das pessoas. Elas trabalham com afinco para atingir sua meta. A minha personalidade e experiências na China têm definido a minha vida. Há muitas pessoas que eu quero agradecer e estou contente em poder continuar o meu sonho na China.”

Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Gabriela

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Campeonato Mundial de Wingsuit Flying de 2019 realizado em Zhangjiajie
Bélgica, terra do chocolate
“Cidade Proibida” feita de 500 mil legos apresentada ao público
Museu do Palácio organiza exposição com tema de flores e árvores para celebrar o Dia Nacional
Flores em floração em Changchun
Veja fotos da semana de moda de Beijing 2019

Notícias

China emite moeda comemorativa para celebrar 70º aniversário do país
Rio realiza Copa China para celebrar estabelecimento das relações diplomáticas
Heilongjiang segue caminho de desenvolvimento de alta qualidade
Incêndio em navio de cruzeiro causa 34 mortes na Califórnia
15ª Feira Internacional de Agricultura de Kunming resulta em contratos bilionários
Especialista britânico aponta visão estreita dos EUA na disputa comercial