Economia industrial da China cresce estavelmente no 1º semestre

Published: 2019-07-23 18:02:03
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A China registou um crescimento estável da sua economia industrial no primeiro semestre deste ano com um aumento do valor agregado industrial de 6% em comparação com o ano passado, disse hoje (23) o vice-diretor do Ministério da Indústria e Informatização da China, Xin Guobing.

“No início deste ano, fizemos uma previsão do crescimento da economia industrial entre 5,5% e 6% em termos anuais. Segundo os dados estatísticos do primeiro semestre, a meta prevista foi atingida com o atual crescimento de 6%. Entre as 41 categorias industriais, 39 delas apresentaram um aumento estável. Apesar de alguma flutuação de estatísticas em termos mensais, a principal tendência de um crescimento estável se mantém inalterada.”

O valor agregado da indústria de manufatura de alta tecnologia no primeiro semestre deste ano atingiu 9%, 3 pontos percentuais mais alto que o crescimento do setor manufatureiro em geral. Isso significa que o modelo de crescimento é cada vez mais motivado pela força motriz da alta tecnologia. Além disso, os valores agregados das empresas privadas acima da escala e das empresas industriais médias e pequenas cresceram 8,7% e 8,1%, respectivamente.

Xin Guobing disse ainda que devido a fatores econômicos e de mercado, algumas empresas estrangeiras deixaram o mercado chinês, enquanto algumas empresas chinesas saíram da China em busca de baixarem seu custo de produção. Para Xin, esses são fenômenos bem normais de mercado e correspondem às leis do desenvolvimento da indústria. Não é necessário ficar preocupado ou fazer alarde.

“Podemos tomar a província de Cantão como exemplo, que no ano passado 588 empresas com capitais estrangeiros mudaram seus negócios de Cantão para Vietnã, Tailândia ou Malásia. Essas 588 empresas ocuparam apenas 1,14% do número total de empresas estrangeiras no Cantão. No entanto, essa província teve 1.918 novas empresas estrangeiras durante o mesmo período, incluindo empresas mundialmente famosas, como BASF e Exxon Mobil, entre outras.”

A China possui um grande mercado interno, um completo sistema industrial e infraestruturas maduras que fazem da China um terreno mais atraente de investimento, disse Xin Guobing. Para ele, a China irá aprofundar a abertura ao exterior da indústria de manufatura e de telecomunicações, além de tomar mais medidas para incentivar investimentos estrangeiros, como por exemplo, o relaxamento do acesso ao mercado, a redução de custo de financiamento e um ambiente de negócios ainda mais equitativo para empresas chinesas e estrangeiras.

Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Gabriela Netto

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong