Agricultura moderna orienta rejuvenescimento de Guangdong

Published: 2019-07-22 19:05:08
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Estamos em pleno verão de julho. O campo de arroz no parque de agricultura de arroz no distrito de Huicheng, município de Huizhou da província de Guangdong, terá uma boa colheita daqui a poucos dias. Chen Youpeng, um agricultor de arroz neste parque, disse que a produção pode atingir cerca de 350 quilos por cada mu e o rendimento anual pode chegar a 100 mil yuans, o que é muito melhor do que trabalhar em outras cidades.

Chen Youpeng disse: “Antes de trabalhar no parque de agricultura de arroz, a minha família estava em extrema pobreza. E agora os meus filhos já se casaram e têm suas próprias habitações.”

Li Weiting mora em uma vila vizinha ao parque de agricultura de arroz. Ele também trabalhava em outra cidade antes e decidiu voltar à terra natal para cuidar dos filhos. Atualmente, Li Weiting cria 300 mil peixes nos campos de arroz. Além de salário básico de 5 mil yuans por mês, Li ainda ganha 20% do lucro da piscicultura e já comprou um carro. Ele disse que tudo isso é fruto do novo modo de agricultura.

“Eu prefiro este novo modo de agricultura. Desta forma, pode-se plantar arroz e criar peixe, gerando benefício econômico durante o ano todo neste campos”, disse Li Weiting.

O novo modo de agricultura que Li Weiting se refere é o modo de plantação tridimensional de arroz, adotado pela Haina Agricultura Ltda. O novo modo integra a plantação e a piscicultura em um mesmo campo, gerando interesse econômico e ao mesmo tempo protegendo o meio ambiente.

De acordo com o presidente da empresa, Zhong Zhenfang, o novo modo de plantação tridimensional elevou bastante o benefício econômico, que agora é duas vezes maior do que o anterior.

Zhong Zhengang disse: “A produção de arroz pode atingir 350 quilos a cada safra, e 700 quilos por um ano inteiro com duas safras. No mesmo campo, em cada mu, pode-se criar peixe de 100 quilos. Somando os lucros de arroz e peixes, o valor atinge 10 mil yuans.”

Zhong acrescentou que diferentemente do modo tradicional de lavoura, a agricultura moderna depende de ciência e tecnologia. Na verdade, a empresa Haina já iniciou sua cooperação com diversas instituições científicas de agricultura e estabeleceu seu próprio centro de pesquisa agrícola em 2017. Lu Huazhong, presidente da Academia de Ciências Agrícolas de Guangdong é um dos cientistas da equipe de especialistas desta empresa.

“O parque de agricultura moderna precisa da integração dos setores primário, secundário e terciário, tais como a plantação e a criação, o processamento dos produtos agrícolas e o turismo na área rural”, disse Lu Huazhong.

Esse parque de agricultura de arroz é somente uma reflexão deste setor na província de Guangdong. Até 2021, serão estabelecidos 150 parques de agricultura moderna nesta província, que orientam o desenvolvimento da agricultura rumo a um patamar de melhor qualidade.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong