Xi Jinping profere discurso importante na Cúpula do G20 em Osaka

Published: 2019-06-28 20:51:07
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Na Cúpula do G20 realizada (28) em Osaka, Japão, o presidente chinês, Xi Jinping, proferiu um discurso importante sobre a situação econômica mundial. Ele enfatizou que após 10 anos da crise financeira, a economia mundial regressou à uma nova encruzilhada. O G20 é o principal fórum de cooperação econômica do mundo. Neste momento crucial, os líderes dos principais blocos econômicos do mundo têm a responsabilidade de orientar a economia e a governança global, injetar confiança ao mercado e trazer esperança ao povo.

Portanto, Xi Jinping propôs quatro ações: persistir na reforma e inovação; melhorar a governança global; quebrar o gargalo do desenvolvimento, e lidar adequadamente com as divergências. Ele apelou para que haja o fortalecimento do sistema multilateral de comércio e reformas na Organização Mundial do Comércio (OMC), para que a entidade aplique bem o princípio de promover a abertura do mercado e o desenvolvimento. Xi Jinping ainda ressaltou a importância da segurança financeira e aplicação do Acordo de Paris para enfrentar as mudanças climáticas. Segundo ele, o objetivo do Cinturão e Rota é mobilizar mais recursos, estreitar os laços da interconexão, fortalecer o ímpeto de crescimento, realizar conexões entre mercados e integrar mais países e regiões à globalização econômica. O G20 deve continuar priorizando o desenvolvimento na coordenação de políticas macroeconômicas e aumentar a contribuição para o desenvolvimento.

Xi Jinping anunciou que a China tomará mais medidas para se abrir para o mundo. Em 2019, a China continuará ampliando a abertura dos setores de agricultura, mineração, manufatura e serviços. Além disso, seis novas zonas pilotos de livre comércio serão instaladas na China, uma nova área da Zona de Livre Comércio de Shanghai será adicionada, e a exploração sobre a construção de um porto de livre comércio na província de Hainan será acelerada. A China reduzirá ainda mais seus próprios níveis tarifários, trabalhará duro para eliminar barreiras comerciais não tarifárias e reduzirá substancialmente os custos institucionais das importações. Ao mesmo tempo, o país continuará melhorando o ambiente de negócios e tratando de forma justa todas as empresas registradas na China.

Xi Jinping salientou que seu país é confiante em fazer suas próprias coisas, coexistir de forma pacífica com os outros países e criar um futuro brilhante para o desenvolvimento econômico global.

Os participantes da Cúpula expressaram a preocupação sobre os prejuízos do unilateralismo e protecionismo. Afirmaram que a reunião deve continuar desempenhando o papel de orientação, garantir o desenvolvimento aberto, abrangente, equilibrado e de benefício universal da economia mundial.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Exposição Econômica e Comercial China-África inaugurada em Changsha
Osaka, cidade anfitriã da cúpula do G20
Bela paisagem ao redor do Lago Sayram em Xinjiang
Inaugurada "a livraria mais linda da China" em Beijing
China começa a testar primeira linha de metrô que atravessa Rio Amarelo
Campo de girassol em Nanjing

Notícias

Trump e Kim Jong-un encontram-se em Panmunjom
Presidentes da China e dos EUA consentem em promover relações bilaterais
Presidentes da China e dos EUA concordam em retomar negociações comerciais
Xi Jinping profere discurso importante na Cúpula do G20 em Osaka
Xi Jinping: China cumprirá rigorosamente as promessas para com a África
Atrito comercial entre China e EUA impactará economia africana, afirma oficial angolano