China vai aprofundar reforma sobre propriedade mista em áreas principais

Fonte: CRI Published: 2018-11-15 16:31:08
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A China aprofundará o projeto piloto da reforma sobre propriedade mista em áreas principais. Ao mesmo tempo, ampliará de forma ordenada a abertura de âmbito para o capital não público e reforçará a introdução do capital privado. A afirmação foi feita nesta quarta-feira (14), em Beijing, pelo vice-diretor da Comissão de Supervisão e Administração dos Ativos Estatais do Conselho de Estado da China, Weng Jieming.

O vice-diretor revelou que nos últimos seis anos, a maior das empresas estatais da China já concretizou a reforma sobre propriedade mista no aspecto de capital e que o nível da mescla das empresas estatais mais competentes é mais alto. Weng Jieming disse que o trabalho pertinente está aprofundado.

“Desde 2016, a China selecionou por três vezes 50 empresas estatais para aplicar a reforma sobre propriedade mista em indústrias importantes, tais como energia, petróleo, gás natural, aviação civil, telecomunicações e na área militar. Em agosto desse ano, um plano de propriedade de ações de funcionário foi oficialmente lançado. O país escolheu cerca de 200 empresas para a execução do plano. Esse projeto alcançou o efeito esperado e desempenhou um papel importante.”

Como uma das empresas piloto que adota a reforma, a China Unicom concretizou o desenvolvimento comum da estratégia e do negócio, por meio de introdução de investidores como Tencent, Alibaba e JD. O contador-geral da empresa, Zhu Kebing afirmou que a reforma resolveu o problema sobre o mecanismo e a carência de inovação da empresa. Atualmente, a China Unicom está em posição líder no aumento da renda entre as corporações da indústria.

“Nos primeiros trimestres deste ano, ganhamos 200 bilhões de yuans pelos nossos negócios principais, um crescimento de 6,5%, face o mesmo período do ano anterior, e um aumento de 3,5 pontos percentuais em comparação com a indústria total. O nosso lucro alcançou 10,55 bilhões de yuans, crescendo 95,9% em relação ao ano passado. O rácio dívida/capitais caiu de 62,6%, no final de 2016, para 42,7% este ano, uma queda de quase 20 pontos percentuais. As funções de capital estatal foram reforçadas efetivamente.”

Weng Jieming apontou que a Comissão de Supervisão e Administração dos Ativos Estatais se esforçará para o aprofundamento do projeto piloto da reforma sobre propriedade mista em áreas destacadas. Ao mesmo tempo, a China ampliará de forma ordenada a abertura de âmbito para o capital não público e reforçará a introdução do capital privado.

“Deve-se promover o projeto piloto da reforma sobre propriedade mista em áreas principais e aplicar de forma adequada as políticas pertinentes, além de reforçar a introdução do capital privado. Também é preciso aumentar o número de empresas piloto para a reforma sobre propriedade mista e explorar profundamente as experiências institucionais. É necessário selecionar mais corporações de grande escala para aplicar o projeto, a fim de reforçar ainda mais a reforma e promover seu efeito e influência a se tornarem mais profundos.”

Tradução: Virgília Han

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Exposição no Museu Nacional da China comemora 40 anos da reforma e abertura
Golfinhos do Rio Yangtze protegidos em Wuhan
Floresta de ginkgo em Linyi, província de Shandong
Robôs procedem à triagem de embalagens em Anhui para Dia dos Solteiros
Paisagem de neve da Montanha Guangwu em Sichuan
Sichuan publica cartazes em homenagem aos bombeiros da província

Notícias

Guandong recebe 2º Campeonato Policial Mundial de Tiro com Pistola
Economia chinesa continua mantendo estabilidade em outubro
Visitas de Xi a Papua-Nova Guiné, Brunei e Filipinas consolidarão laços bilaterais e cooperação na Ásia-Pacífico
Estatísticas mostram estabilidade da economia chinesa em outubro
Bolsonaro anuncia o general Azevedo e Silva como ministro da Defesa do Brasil
Empresa chinesa persiste na inovação para avançar indústria de informação eletrônica