Empresas de Jinjiang se expandem para o exterior e viram marca internacional

Fonte: CRI Published: 2018-07-11 21:08:28
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A cidade de Jinjiang, província de Fujian, foi uma importante cidade na antiga rota da seda marítima da China, em que o comércio exterior viveu um momento de grande prosperidade. Hoje em dia, a cidade se situa na vanguarda da aplicação da reforma e abertura do país, testemunhando a penetração de empresas locais no mercado exterior, criando um modelo internacional.

A cidade passou gradualmente da condição de “cidade industrial” chinesa para uma “cidade de grife internacional”. O caminho de transformação de Jinjiang teve início no estilo de vida de sua população, incluindo hábitos como o modo de se vestir e a gastronomia local.

O Grupo de Alimentos Panpan, uma das corporações mais conhecidas em Jinjiang, já exporta seus produtos para mais de 40 países e regiões. Em 2017, o volume de venda no exterior ultrapassou 7 bilhões de yuans. O presidente do Grupo, Cai Jinan, afirma que a Panpan estabelecerá fábricas em alguns países do Sudeste Asiático e da Europa.

“Já estabelecemos uma empresa nas Filipinas. No passado, nossa matéria-prima vinha da Indonésia, Tailândia, Canadá e Austrália, entre outros países. Agora instalamos primeiramente a empresa e vendemos nossos produtos. Se a venda for abundante, podemos abrir uma fábrica no local, avançar rumo à tendência internacional.”

Para criar um modelo internacional para a Panpan, a empresa cooperou de forma ampla com algumas instituições e universidades chinesas. Ele fundou um laboratório de estudo, conjuntamente com os institutos de estudo sobre alimentos e bebidas do Japão, Estados Unidos, Alemanha e Itália, realizando a cooperação estratégica nessa área. A empresa também enviou regularmente funcionários para os países do BRICS, além de outros países e regiões, para estudar e buscar oportunidades de colaboração.

A Empresa de Vestuário de Qipai é outra empresa que se concentra no mercado externo. O valor da marca Qipai ultrapassa 42,5 bilhões de yuans, ficando na linha de frente entre as marcas de vestuário.

A empresa foi fundada em 1979, quase ao mesmo momento de aplicação da reforma e abertura da China. Nesses quase 40 anos de desenvolvimento, mais de 3,5 mil lojas especializadas foram abertas em cidades por toda a China. O presidente da empresa, Hong Zhaoshe, conta que a empresa está planejando ampliar seu trabalho no mercado internacional.

“Se a nossa empresa puder sair para o exterior, isso representará um grande salto para o nosso desenvolvimento. Portanto, ampliamos agora o mercado externo e alguns trabalhos já são executados. Por exemplo, atividades relacionadas com o comércio eletrônico e a criação de nossas filiais no exterior. Tudo isso é o que planejamos agora.”

O Grupo de Hengan é o maior fabricante de lenço de papel e produtos de higiene para maternidade. Fundado em 1985, ele já acumula 30 bilhões de yuans em ativos fixos.

O gerente-geral de relações públicas da empresa, Chen Fapei, afirma que, graças à aplicação da iniciativa do Cinturão e Rota, a empresa tem acelerado o passo para estender ainda mais a cadeia industrial e se instalar no mercado internacional.

“Desde 2016, aceleramos o ritmo para planejar nosso trabalho no exterior. De 2016 a 2017, adquirimos uma companhia da Malásia que produz fraldas. E investimos na Indonésia e na Rússia para abrir fábricas. Em abril deste ano, investimos em uma planta de polpa biológica da Finlândia. Tudo isso representa nosso trabalho no exterior. No contexto do Cinturão e Rota, acredito que nossa empresa encontrará uma condição para desenvolvimento rápido.”

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Festival Internacional de Escultura em Areia de Zhoushan
Alta temporada de turismo em Dunhuang
Conferência de Internet da China 2018 realizada em Beijing
Fotos de vista aérea do campo de arroz em Xinyu, da província de Jiangxi
Inaugurada exposição "Dunhuang Digital - Contos do Céu e da Terra"
​Pastagem de Narat em Ili, na Região Autônoma Uigur de Xinjiang

Notícias

Especialistas: abastecimento de soja da China está garantido
China pede defesa conjunta ao comércio multilateral na ONU
Airbus apresenta aeronaves da categoria A220
Empresas de Jinjiang se expandem para o exterior e viram marca internacional
Wang Yi apresenta êxitos da cooperação China-Estados Árabes
Tecnologia agrícola chinesa ajuda o desenvolvimento da Tanzânia