Entrega rápida na China foca em menos embalagem e mais desenvolvimento verde

Fonte: CRI Published: 2018-05-30 20:58:53
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A edição 2018 da Conferência do Desenvolvimento de Entrega Rápida da China foi realizada hoje (30) em Beijing. O evento integra a 5ª Feira Internacional para Comércio de Serviços da China. Na conferência, autoridades do governo, representantes de empresas e especialistas do setor focaram no desenvolvimento verde da entrega rápida. Os participantes se comprometeram a promover o transporte, embalagem e finanças verdes do setor.

Dados revelam que, nos primeiros quatro meses de 2018, as empresas chinesas de entrega rápida transportaram 13,7 bilhões de embalagens, um crescimento de 30%. As companhias do setor movimentaram 173,9 bilhões de yuans, um aumento de 28,4%. Segundo o assessor do Centro de Desenvolvimento e Pesquisa da Agência Estatal do Correio, Hu Kai, a tendência é que a entrega rápida se torne mais frequente e penetre em diferentes segmentos.

“Acreditamos que a entrega rápida manterá um crescimento acelerado. A demanda pelos serviços será frequente e ampla. Os dados falam em favor disso. Neste ano, cada família chinesa recebe duas embalagens por semana em média. Nas principais cidades, como Beijing, as famílias podem receber uma embalagem por dia. E é possível que os dados aumentem rapidamente no futuro. A entrega rápida apresenta, ao mesmo tempo, uma demanda ampla. À medida que os serviços se combinem com as novas tecnologias e formas industriais, surgirão mercados potenciais em áreas como circulação, fabricação, comércio internacional, agricultura moderna, administração governamental, saúde, previdência e design turístico, entre outras.”

No entanto, o rápido desenvolvimento do setor provocou problemas como desperdício de recursos e poluição causada por embalagens não degradáveis. O vice-presidente permanente da Federação de Embalagem da China, Wang Yuezhong, propôs uma solução.

“Temos de enfrentar três tipos de excesso de uso: a dimensão, a função e o material. O excesso de dimensão é colocar uma pequena mercadoria em uma grande embalagem. O excesso de função significa, por exemplo, embalar repetidas vezes enquanto basta utilizar apenas uma camada de película. O excesso de material é usar materiais compostos quando devia ser materiais simples, ou usar o não degradável em vez do degradável. No momento, o excesso de embalagem está relacionado às normas de operação. Trata-se da base para a solução do problema e avaliamos que as autoridades precisam promulgar normas.”

O desenvolvimento verde da entrega rápida chamou a atenção do governo e das empresas chinesas. Em 2017, vários ministérios da China publicaram em conjunto a Instrução para Promoção Colaborativa de Embalagem Verde na Entrega Rápida. O documento exige que as entidades envolvidas controlem a embalagem partindo da fonte, acelerem o fornecimento de produtos verdes e aumentem a eficiência na utilização de recursos. As autoridades também pediram a redução do consumo de embalagens e minimizem os impactos negativos ao meio ambiente.

Tradução: Joaquina Hou

Revisão: Rafael Fontana

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Robôs-bombeiro em utilização em Hangzhou
Vista noturna de Qingdao
Aviário com mais de 600 araras e papagaios abre no Zoológico de Chongqing
Competição de passeio em corda esticada foi realizada na Montanha Tianmen
Vila de Pescadores
Parque Nacional do Pantanal Puzhehei em Yunnan

Notícias

Ataque terrorista deixa quatro mortos e dois feridos na Bélgica
Província de Guangdong acelera transformação e atualização industrial
Fórum Internacional Antiterrorista Grande Muralha-2018 mostra treinos de combate
Parceria Beijing-Macau 2018 é oficialmente lançada
Shenzhen adota medidas para baixar custo e aumentar eficiência da logística
Liga Internacional de Bibliotecas do Cinturão e Rota é fundada em Chengdu