Indústria e telecomunicações da China mantêm estabilidade no 1º trimestre

Published: 2018-04-25 18:19:33
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Os setores de indústria e telecomunicações da China se mantiveram estáveis no primeiro trimestre deste ano e apresentaram tendência positiva de desenvolvimento, disse hoje (25) o porta-voz do Ministério da Indústria e Informatização da China, Chen Yin.

Na entrevista coletiva realizada hoje em Beijing, Chen Yin disse que a produção industrial da China conseguiu um crescimento estável no 1º trimestre de 2018, com o aumento de 6,8% no valor acrescentado industrial de escala superior em relação ao ano passado. O valor acrescentado do setor de fabricação atingiu 7%.

“Nos primeiros dois meses, o lucro gerado pelas companhias de escala superior cresceu 16,1%, um aumento de 5,3 pontos percentuais em relação a dezembro do ano passado, colocando o fim à queda consecutiva verificada desde março do ano passado. O aumento reforçou a confiança do mercado no desenvolvimento do setor industrial.”

No primeiro trimestre, os cinco projetos do plano de manufatura, o Made in China 2025, têm sido implementado com um padrão elevado. A China criou zonas-piloto de âmbito nacional e alcançou um desenvolvimento estável nas áreas de circuito integrado, robô industrial, veículo de energia nova e material novo. Os setores de fabricação e de internet possuem uma convergência cada vez mais profunda. Também no primeiro trimestre, o valor acrescentado de alta tecnologia e o investimento em ativos fixos cresceram 11,9% e 7,9%, respectivamente. A taxa de utilização da capacidade produtiva nesse período foi de 76,5%, um aumento de 0,7% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Chen Yin apresentou também o desenvolvimento do setor da telecomunicações.

“O número de usuários de comunicação móvel 4G superou 1 bilhão de pessoas no primeiro trimestre, ocupando 72,2% do número total de usuários de comunicação móvel. A receita no setor de telecomunicações cresceu 5,1%, com um crescimento notável do consumo. Além disso, a cadeia industrial da Internet das Coisas tem sido aperfeiçoado constantemente.”

O diretor do departamento de desenvolvimento de telecomunicação, Wen Ku, disse que para implementar a meta de redução de 30% de cobranças em chamadas telefônicas, proposta pelo governo chinês no Relatório de Trabalho do governo, as operadoras de telecomunicações da China já elaboraram medidas detalhadas. De acordo com ele, o ministério irá promover a implementação com um ritmo ainda mais acelerado.

“As operadoras vão continuar divulgando planos de cobranças telefônicas e de banda larga com preço mais acessível. Ao mesmo tempo, vamos elevar a velocidade de banda larga de forma acelerada, para que mais da metade dos usuários consiga o acesso à banda larga de 100 megabytes.”

 

Tradução: Li Jinchuan

Edição: Rafael Fontana

 

 

 

 

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

China apresenta design para trens-bala inteligentes no percurso Beijing – Zhangjiakou
Distrito afetado pelo Terremoto de Wenchuan enriquece-se através da plantação de flores
Vista aérea de vias expressas em Hunan
As belas cenas primaveris na Cidade Proibida
Cúpula da China Digital abre ao público
Biblioteca da Abadia de São Galo, Suiça

Notícias

Indústria e telecomunicações da China mantêm estabilidade no 1º trimestre
Acidente de carro mata três turistas chineses no Egito
Quinto Festival de Música Militar da OCS é inaugurado em Beijing
Wang Yi preside Reunião dos Chanceleres da Cooperação de Shanghai
Ação contra ZTE não obstrui avanço de alta tecnologia na China, diz especialista
Satélite relay da sonda Chang'e-4 será lançado em maio