Mudança na Constituição corresponde à realidade chinesa, diz especialista brasileiro

Published: 2018-03-14 18:24:31
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A 1ª sessão da 13ª Assembleia Popular Nacional da China aprovou no dia 11 de março a Emenda da Constituição da República Popular da China. O assunto chamou a atenção da comunidade internacional. O especialista brasileiro em questões chinesas da Fundação Getúlio Vargas, Evandro Menezes de Carvalho, disse que as modificações da Constituição correspondem às necessidades da China, além de comprovar o avanço chinês rumo ao Estado de Direito. 

De acordo com Carvalho, a Constituição, na condição de lei fundamental de um país, precisa ser reajustada com o desenvolvimento da sociedade. A Constituição do Brasil, desde que foi promulgada, passou por mais de cem modificações. 

“A gente vê um esforço hoje, sobretudo do governo do presidente Xi Jinping, de adequar o país aos desafios contemporâneos da China, que são muito diferentes dos desafios encontrados quando Deng Xiaoping decidiu iniciar a reforma e abertura.” 

A Emenda da Constituição da China enfatiza a persistência e o reforço da liderança integral do Partido Comunista da China (PCCh), porque uma China de rápido desenvolvimento precisa de um governo forte e estável, disse Carvalho. 

“O mundo contemporâneo está cheio de ameaças e incertezas. A China, como a segunda economia mundial, começa a enfrentar obstáculos. E esse caminho de ascensão não vai ser fácil. Mas é nesse cenário internacional de ameaças e dificuldades que eu compreendo esse reforço do Partido Comunista da China.” 

Na opinião do brasileiro, a modificação da Carta Magna garante a continuidade das políticas do governo chinês, o que exercerá uma profunda influência no cenário internacional. 

“O governo chinês incrementou e apostou nas relações com o Brasil. Mesmo que o Brasil esteja com toda essa crise política e econômica, a China investiu e continua investindo no Brasil, aprofundando as relações. E que governo é esse? É o governo de Xi Jinping.”

 

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Desenhos em árvores atraem turistas em parque de Ningxia
Beijing tem a primeira livraria com autoatendimento
Paisagens de campos de melancia em Guangxi
Cataratas Hukou têm grandes fluxos de água
Grous de pescoço negro no Tibete
Festival das Cerejeiras em Wuhan

Notícias

Morre Stephen Hawking aos 76 anos
Bidhya Devi Bhandari permanece na presidência do Nepal
Exposição chinesa recebe promoção no Reino Unido
Trump substitui secretário de Estado pelo atual diretor da CIA
Projeto de lei da supervisão é entregue para leitura na APN
Líderes chineses participam de deliberações da Assembleia Popular Nacional