Investimento estrangeiro efetivamente utilizado na China aumenta 9% em agosto

Fonte: CRI Published: 2017-09-14 20:57:02
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Entre janeiro e agosto de 2017, 20.389 empresas que receberam investimento estrangeiro foram estabelecidas na China. Neste período o valor real de capital estrangeiro utilizado chegou a 547,94 bilhões yuans (US$ 83,69 bilhões), um declínio de 0,2% em comparação com o mesmo período do ano passado. Os números foram apresentados pelo porta-voz do Ministério do Comércio do país, Gao Feng.

No mês de agosto, o volume de investimento estrangeiro efetivamente utilizado atingiu a cifra de 62,52 bilhões de yuans (US$ 9,55 bilhões), um aumento de 9,1% em relação a agosto de 2016. A absorção do investimento estrangeiro se manteve estável do ponto de vista industrial, disse Gao Feng. Nos primeiros oito meses, as fábricas aumentaram a utilização efetiva do investimento estrangeiro, em comparação com o mesmo período de 2016. Além disso, o investimento estrangeiro efetivamente utilizado na indústria de fabricação de matérias e produtos químicos, de medicina e de equipamentos gerais cresceu rapidamente. No setor de serviços, Gao Feng apresentou números positivos.

“A produção e fornecimento de eletricidade, gás e água cresceu 93,3% na comparação com os oito primeiros meses de 2016. O setor de aluguel e serviços comerciais, 14,6% e o de pesquisa científica, serviços técnicos e prospecção geológica, 22,4%.”

A China manteve a tendência de crescimento no setor de alta tecnologia. Os serviços informáticos, de pesquisa, desenvolvimento e design e o de transformação de resultados tecnológicos ampliaram o investimento estrangeiro efetivamente utilizado, comparado com o ano passado. Visto pela origem do capital, a Holanda e a Dinamarca aumentaram em grande dimensão o investimento real, registrando crescimentos de 396,8% e 475,1%, respectivamente.

Segundo o Relatório do Investimento Mundial de 2017, divulgado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), a China continua sendo um dos principais destinos do investimento direto estrangeiro. O Conselho de Estado da China publicou a Comunicação sobre Medidas para Incentivar Investimento Estrangeiro, na qual lançou mais de 20 políticas e medidas com a finalidade de atrair negócios e investimentos.

Por outro lado, vários ministérios chineses divulgaram conjuntamente documentos e pediram para dirigir e regular o rumo de investimento das empresas chinesas no exterior. Com isso, a China irá intensificar inspeções de autenticidade e cumprimento de regulamentação dos investimentos no exterior. De acordo com Gao Feng, nos primeiros oito meses de 2017, o aumento do investimento direto não financeiro da China para 152 países e regiões atingiu US$ 68,72 bilhões, uma queda de 41,8%. Apesar da desaceleração da queda, comparada com os primeiros sete meses deste ano, a estrutura do setor tem sido otimizada, disse Gao Feng.

“O nosso investimento no exterior se dirige principalmente para o setor de locações e serviços comerciais, que ocupam 31,1% do total. A indústria de fabricação fica com 16,9%, venda por atacado e a varejo, 12,6%, e os serviços de transmissão de informações, software e tecnologia informática, 10,9%. Não se notou novos programas nas indústrias imobiliária, esporte e entretenimento.”

Até o fim de agosto, empresas chinesas estavam construindo zonas de cooperação econômica e comercial em 44 países e regiões no exterior, com um volume de investimento acumulado de US$ 32,38 bilhões. Elas criaram juntas 247 mil empregos nesses locais.

Tradução: Joaquina Hou

Revisão: Rafael Fontana

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Ni Ni e Jing Boran posam juntos para "BAZAAR"
Canteiro de flores na Praça de Tiananmen
Paisagem de Shahu, no noroeste da China
Veja fotos do último dia do Rock in Rio 2017
Semana de Moda de Milão 2018
Exposição Gastronômica do Meio-Outono realizada em Chengdu

Notícias

UE adota medidas para enfrentar crise na segurança de alimentos
Beijing inicia construção de novo ponto de partida histórico
Lançado primeiro trem de carga refrigerado China-Rússia
Vice-premier chinesa é premiada pela Universidade de Nova York
Xi Jinping visita Exposição "Os 5 anos de mudanças da China"
Construção de alto padrão do subcentro de Beijing é promovida ordenadamente