Comentário: As mentiras de Pompeo e a América perplexa

Published: 2020-02-27 21:51:23
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Na mente da população dos Estados Unidos, os políticos são “rotulados”. Como secretário de Estado, Henry Kissinger representa um tipo de sabedoria diplomática, mas o legado político de Mike Pompeo será provavelmente a mentira.

Um artigo publicado recentemente pelo jornal britânico, Guardian, indicou ironicamente que, a menos que Pompeo seja um “adulador”, não faria essa declaração insincera na Conferência de Segurança de Munique: “A morte da relação transatlântica é manifestamente exagerada. O Ocidente está ganhando, e estamos ganhando juntos.”

Segundo o artigo, em vez de “ganhar juntos”, os Estados Unidos e o Reino Unido estão juntos aparentemente, mas separados na realidade. As diferentes atitudes em relação à questão da tecnologia 5G da companhia chinesa Huawei são uma recente brecha entre os dois “aliados especiais”. O artigo ainda revelou que a reunião entre os líderes dos dois países prevista para o próximo mês já foi cancelada.

Ao mesmo tempo, a relação entre os Estados Unidos e o continente europeu não é tão boa quanto parece.

Para aplicar a estratégia de “America First”, o unilateralismo é adotado por Washington contra os parceiros comerciais europeus. No dia da abertura da Conferência de Segurança de Munique, os EUA anunciou que aumentará as tarifas aduaneiras sobre grandes aeronaves civis importadas da União Europeia para 15$.

Na área política, os Estados Unidos tomam ações prejudicáveis à Europa. A Câmara dos Representantes norte-americana aprovou um projeto de lei para apoiar projetos energéticos no Leste Europeu. O líder norte-americano ainda assinou uma lei para impor sanções contra companhias russas e alemãs que participaram de um projeto de gasoduto. Um dos objetivos das ações dos EUA é reduzir a autoridade da UE na formulação das regras de importação de energias.

Na questão de segurança, os Estados Unidos também ignoram os interesses europeus. Em fevereiro do ano passado, o país se retirou do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, destruindo as barreiras que impedem a corrida de armas nucleares, também mexendo com os nervos dos grandes países da Europa.

Movidos por sentimentos isolacionistas, os Estados Unidos estão abandonando mais do que a parceria transatlântica. Na lógica do atual governo norte-americano, todo o mundo está sendo beneficiado aproveitando-se dos Estados Unidos. Por causa disso, a atual equipe governante estadunidense respeita ainda mais a “lei da selva” na tentativa de moldar a chamada nova ordem política e econômica internacional por meio de medidas unilateralistas.

Na formulação e implementação de políticas relativas dos EUA, Mike Pompeo desempenhou um papel importante. Este secretário de Estado tem aparecido frequentemente nas manchetes da mídia com discursos cheios de mentalidade de Guerra Fria, em vez de conquistas diplomáticas. Sob a epidemia do novo coronavírus, Pompeo não apenas defendeu as tendências racistas de um artigo do jornal The Wall Street Journal, mas também aproveitou a epidemia para criticar e difamar a China.

Alguns políticos estadunidenses entraram em um estranho círculo de complacência, orgulho e vaidade por causa da “desonestidade e auto-engano”. Os Estados Unidos, portanto, estão indo cada vez mais para a frente no caminho da perplexidade.

tradução: Shi Liang

revisão: Erasto Santos Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Restaurante oferece refeições gratuitas para funcionários médicos em Haikou
Campo de flores de canola em Sichuan
Estudantes de Shanghai participaram de uma aula experimental online
Oficinas destinadas ao alívio da pobreza retomam produção em Hunan
Pacientes recuperados pelo novo coronavirus doaram plasma em Hebei
Trabalhadores migrantes usam trem-bala especial para retomar o trabalho

Notícias

Sonda chinesa Chang'e-4 mapeia imagem da subsuperfície no lado escuro lunar
China é capaz de produzir mais de 70 milhões de máscaras por dia
São Paulo tem primeiro caso confirmado do novo coronavírus no Brasil
Representante chinês pede respeito na questão dos direitos humanos
Remédio antiviral Remdesivir ganha três patentes na China
Medidas da China são pragmáticas e reflexíveis, diz especialista da OMS