Comentário: Como está sendo a resposta da China à epidemia?

Published: 2020-02-25 21:22:45
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

“O método chinês é o único que conhecemos até agora e que é comprovadamente bem-sucedido pelos fatos”, disse na segunda-feira (24) o emissário da Organização Mundial da Saúde (OMS), Bruce Aylward.

Numa coletiva de imprensa realizada no mesmo dia em Beijing, a equipe conjunta de especialista China-OMS em pneumonia do novo conoravírus disse acreditar que a China adotou medidas de resposta à saúde pública sem precedentes, alcançou resultados significativos em retardar a propagação da epidemia e bloquear a transmissão do vírus de pessoa para pessoa, bem como evitando ou pelo menos atrasando centenas de milhares de novos casos de infecção. Os especialistas também sugeriram que outros países reavaliem rapidamente as medidas tomadas contra a China.

Como chefe da parte estrangeira da equipe conjunta, Aylward admitiu que costumava ser ambíguo em relação às intervenções não relacionadas às drogas. No entanto, a abordagem chinesa é pelo fato de não haver remédios específicos nem vacina, então é preciso usar o que estiver disponível e fazer ajustes conforme as necessidades a fim de salvar vidas.

Essas avaliações objetivas e justas vêm de investigações profundas nas linhas de frente da prevenção e controle da epidemia. Durante nove dias, o grupo de especialistas da OMS composto por 12 membros internacionais, junto com colegas chineses, realizou inspeções locais em Beijing, Guangdong, Sichuan e Hubei.

Como está sendo a resposta da China à epidemia? As conclusões da investigação em linhas de frente possuem obviamente mais autoridade e credibilidade.

Diante do surto do novo coronavírus, o líder máximo da china, Xi Jinping, presidiu várias reuniões de liderança para determinar as exigências e os objetivos gerais da prevenção e controle da epidemia, o Conselho de Estado estabeleceu um mecanismo de coordenação para o combate e o grupo de direção central foi enviado ao epicentro da epidemia para comandar a luta. Tudo isso oferece uma forte liderança para obter a vitória final no combate ao coronavírus.

Desde o fechamento decisivo e temporário das vias ao exterior em Wuhan, da criação de uma rede de prevenção e controle da epidemia que cobre até as entidades comunitárias de base, do rápido estabelecimento de um grupo de hospitais em Wuhan para atender pacientes, da mobilização de mais de 330 equipes médicas e mais de 40 mil profissionais médicos, da rápida retomada da produção em empresas de materiais médicos, até à garantia prioritária do abastecimento de materiais em áreas afetadas pela epidemia, toda a sociedade chinesa tem mostrado uma incrível velocidade, escala e eficiência na luta contra o vírus.

Os dados mais recentes mostram que, no dia 24, o número de novos casos confirmados na parte continental da China, exceto Hubei, caiu para um dígito. Vários lugares do país diminuíram os níveis de resposta a emergências de saúde pública, acontecendo exatamente como enfatizou o presidente Xi Jinping em uma recente videoconferência. A prática provou que o julgamento das autoridades centrais do país sobre a situação da epidemia é preciso, as disposições do trabalho são oportunas e as medidas adotadas são eficazes. Esses fatos demonstraram mais uma vez as vantagens significativas da liderança do Partido Comunista da China e do sistema socialista com características chinesas.

De fato, para a comunidade internacional, a China alcançou resultados notáveis na prevenção e controle da epidemia em mais de um mês, fornecendo uma amostra viva para analisar questões como sistema social e eficácia governamental.

Como um país altamente responsável pela saúde pública global, a China continuará a fazer pleno uso de suas vantagens institucionais, lutar contra a epidemia, compartilhar experiências na prevenção e controle com outras partes, fortalecer a cooperação no desenvolvimento de medicamentos e vacinas bem como prestar assistência a outros países dentro de seu alcance.

tradução: Shi Liang

revisão: Erasto Santos Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Pacientes recuperados pelo novo coronavirus doaram plasma em Hebei
Trabalhadores migrantes usam trem-bala especial para retomar o trabalho
Porto de Hefei retomou as operações de maneira ordenada
Mais pacientes do novo coronavírus recebem alta do hospital
Flores de ameixeira florescem em jardim ecológico em Shanghai
Equipe médica de Fujian parte para Wuhan

Notícias

Comentário: Como está sendo a resposta da China à epidemia?
Coreia do Sul eleva alerta de vírus em meio crescentes casos de COVID-19
Receita da Huawei salta 18% em 2019
Guterres elogia povo chinês por "contribuir para o bem da humanidade"
Comentário: Economia mundial será mais estável quando a China liberar mais potencial de desenvolvimento
FMI prevê que economia chinesa volte ao normal no segundo trimestre