China mantém atração ao investimento estrangeiro

Fonte: CRI Published: 2019-09-10 20:43:18
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A Feira Internacional 2019 de Investimento e Comércio da China (CIFIT, na sigla em inglês) está sendo realizada em Xiamen. Apenas no Congresso de Investimento no Cinturão e Rota, realizado no dia 8, foram assinados contratos com investimento estrangeiro em um total de US$29,5 bilhões. A Organização das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) publicou a edição oficial em chinês do Relatório de Investimento Mundial 2009 durante a Feira de Xiamen. O documento indica que, em 2018, o investimento direto estrangeiro desacelerou no mundo pelo terceiro ano consecutivo. Nesse contexto internacional, a China continua sendo um destino bastante procurado pelo investimento global.

A forte atração da China atribui-se ao gigante mercado, cadeia industrial completa, recursos de mão de obra ricos e rede de infraestrutura e logística desenvolvida. Em meio a população de 1,4 bilhão de pessoas do país, 400 milhões estão na faixa de renda média. O grande potencial de mercado e a escalada na demanda de consumo tornam a China mais atraente. Além disso, a China é o único país que possui todas as categorias industriais definidas pela ONU, pode fornecer as cadeias completas de produção e abastecimento para empresas estrangeiras com baixo custo empresarial.

A atração pela China também consiste na sua determinação em sempre expandir a abertura e melhorar o ambiente de negociações. O relatório da ONU ressalta que, em 2018, 55 economias publicaram políticas relacionadas ao investimento, 34% das quais são restrições ou regularizações para o investimento estrangeiro. Ainda assim, a China continuou a ampliar a abertura. O país reduziu ainda mais as Medidas de Administração Especial para a Admissão de Investimentos Estrangeiros (Lista Negativa), lançou a Lei do Investimento Estrangeiro, construiu seis novas zonas de livre comércio, e promoveu experiências nas zonas de livre comércio em todo o país.

Nos primeiros sete meses, o uso de investimento estrangeiro na China aumentou 7,3% em relação ao mesmo período de 2018. A Feira de Xiamen atraiu empresários de 130 países e regiões.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Gabriela Netto

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Festival Internacional de Lanternas de Macau
Campeonato Mundial de Wingsuit Flying de 2019 realizado em Zhangjiajie
Bélgica, terra do chocolate
“Cidade Proibida” feita de 500 mil legos apresentada ao público
Museu do Palácio organiza exposição com tema de flores e árvores para celebrar o Dia Nacional
Flores em floração em Changchun

Notícias

Curta sobre culinária Brasil-China é lançado em Beijing
É inaugurada em Genebra a Exposição de Progressos dos Direitos Humanos na China
China realiza reunião paralela sobre direitos humanos na ONU
Comentário: Crescimento estável do comércio exterior da China mostra resiliência da economia
Empresário dos EUA, Scott Kronick: “Experiência na China definiu minha vida”
China emite moeda comemorativa para celebrar 70º aniversário do país