Comentário: Pressão máxima dos EUA sobre China com taxa de câmbio é impopular

Published: 2019-08-07 19:39:35
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Departamento do Tesouro dos EUA rotulou recentemente a China como "manipuladora de moeda". A prática mostra que alguns norte-americanos estão extremamente ansiosos para exercer pressão máxima sobre a China com a taxa de câmbio e aplicar um bullying econômico, o que, sem dúvida, criará maiores riscos para a economia global.

A prática norte-americana não apenas adicionará novos obstáculos ao desenvolvimento das relações bilaterais econômicas e comerciais, como também exacerbará a turbulência nos mercados financeiros globais, obstruindo o comércio internacional e a recuperação econômica global. O ex-secretário do Tesouro dos EUA, Lawrence Summers, escreveu ontem (6) que a prática norte-americana não está de acordo com os fatos, o que irá prejudicar a credibilidade do governo norte-americano e poderá trazer o risco de uma nova recessão econômica para os Estados Unidos.

Como uma economia responsável, a China se comprometeu repetidamente e claramente a não se envolver em desvalorizações competitivas, nem usará a taxa de câmbio como uma ferramenta para lidar com distúrbios externos, como disputas comerciais. A acentuada desvalorização do renminbi não é de interesse da China. Assim, a China continuará aplicando um sistema de taxa de câmbio flutuante com base na oferta e demanda do mercado. A tentativa dos EUA é impopular na comunidade internacional e está destinada ao fracasso.

Tradução: André Hu

Revisão: Gabriela Nascimento


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

RoboMaster, uma competição de robótica anual da China
Aproveite a melhor estação do ano em Yajiang
LEGO abre sua primeira loja em Xi'an
Paisagem do ponto cênico de Hongcun, província de Anhui
Parada de Wushu e de Danças de Dragão e de Leão realizada em Macau
Condado de Xiapu na província de Fujian

Notícias

Difamar a China como “manipuladora da moeda” é ato típico do unilateralismo dos EUA
Comentário: EUA são responsáveis pela parada no comércio agrícola China-EUA
Polícia divulga identidades das vítimas no tiroteio no Texas
BCE prevê fraqueza contínua no comércio global
China incentivará mercado de consumo nas zonas rurais
Governador de São Paulo apresenta oportunidades de investimento aos empresários chineses