Comentário: Programa final do Brexit pode surgir em breve

Fonte: CRI Published: 2019-03-13 21:10:34
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A Câmara Baixa do Reino Unido votou nesta terça-feira (12) contra o acordo modificado do Brexit apresentado pela primeira-ministra Teresa May. Trata-se da segunda vez que a Câmara dos Comuns rejeita os esforços do governo após o veto do acordo em janeiro deste ano. Na quarta-feira, a Câmara Baixa votará novamente para decidir se o país sairá sem acordo do Brexit no dia 29 de março. E se for vetado mais uma vez, terá outra votação no dia seguinte para decidir se o Brexit será adiado. Em fim, o Brexit, que já durou muito tempo, entrou em sua fase definitiva.

Teresa May desempenhou grande esforço para tentar a aprovação do acordo revisado. Em 11 de março, na véspera da votação parlamentar, ela foi a Strasbourg para conversar com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, com o objetivo de modificar a cláusula sobre a questão da fronteira da Irlanda no acordo.

Teresa May recebeu uma reação positiva da UE. O Reino Unido e a UE concordaram com a correção legalmente vinculativa do acordo do Brexit. Ambos pretendem assinar antes do final de 2020 um documento sobre as relações comerciais após o Brexit, para evitar um “plano de garantia”, quer dizer, se o Reino Unido não conseguir chegar a um novo acordo com a UE sobre o comércio depois de sair do bloco, a Irlanda e a Irlanda do Norte deverão manter as relações atuais até que um novo acordo seja fechado. Os deputados que apoiam o Brexit acham que isso fará com que a Irlanda do Norte permaneça na UE e que o Reino Unido jamais saia verdadeiramente do órgão.

Teresa May disse lamentar pelo resultado da votação da Câmara dos Comuns, sublinhando que o país tem que assumir o risco de não realizar o Brexit. Jean-Claude Juncker declarou mais cedo que o acordo modificado é o último programa da UE e “não há absolutamente nenhuma terceira chance”.

Dentro do Reino Unido, os dois lados, apoiantes ou não do Brexit, estão defendendo sua própria linha de fundo e querem forçar o adversário a ceder primeiro. Na verdade, ambos estão ansiósos para chegar a um acordo.

Na bolsa de capitais, a libra esterlina em relação ao dólar norte-americano estabilizou-se em torno de 1.307, mesmo com algumas oscilações, depois que o acordo do governo foi vetado. Isso significa que os investidores internacionais ainda têm confiança na realização final do Brexit com um acordo. É provável ter em breve um programa de solução final.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Erasto Cruz.


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea da montanha Wuyi
A beleza da primavera em Beijing
Novo submersível tripulado da China completa primeira missão
Paisagem de primavera em toda a China
Trigêmeos de varecia-preto-e-branco apresentados ao público em parque de Guangzhou
Mulheres policiais participam em treinamento de combate real em Chongqing

Notícias

APN delibera projeto da Lei de Investimento Estrangeiro
Novas tecnologias do CMG são elogiadas por membros da CCPPCh
Xi Jinping dialoga com representantes da APN
Diversos ministros opinam sobre cooperação internacional
Comentário: Incidente de visto revela cisão EUA-UE
Línguas das minorias étnicas são usadas amplamente nas mídias chinesas