Voo direto Portugal-China: “Foi um evento fundamental para consolidar as operações da TAP”

Fonte: Diário do Povo Published: 2017-11-28 14:22:09
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Voo direto Portugal-China: “Foi um evento fundamental para consolidar as operações da TAP”

Miguel Frasquilho, presidente do conselho de administração da TAP, abordou em Macau, por ocasião da participação na Cimeira dos Think Tanks da China e dos Países de Língua Portuguesa, a entrada do grupo HNA no capital da companhia aérea portuguesa, e da importância deste desenvolvimento na “abertura do oriente para as operações da TAP”.

A chegada do investidor chinês e a inauguração da primeira ligação aérea direta entre as capitais chinesa e portuguesa: duas notícias que surgiram em catadupa e lançaram as bases de um projeto há muito ambicionado por Portugal e China que, séculos atrás, protagonizavam a primeira ligação marítima direta entre a Europa e o gigante asiático.

A possibilidade de rumar a oriente, com todas as sinergias daí provenientes para a TAP, permite a colocação da peça final do planisfério da companhia aérea e a “consolidação de Lisboa como gateway global”.

Até então a TAP detinha uma presença sólida na América do Norte, a liderança europeia em viagens para os PALOPS e a maior presença internacional no Brasil, o seu maior mercado, servindo o país latino-americano com 70 voos para 10 cidades semanalmente.

“No Brasil temos uma parceria já muito forte com a Azul, a companhia aérea com mais voos internos no Brasil, a qual serve como alimentadora dos voos intercontinentais da TAP do Brasil para Lisboa e Porto”.

A chegada do novo voo direto Beijing-Lisboa originou também a “mais rápida forma de viajar entre São Paulo e a capital chinesa”, refere Miguel Frasquilho, aludindo à possibilidade de criação de novas sinergias para rotas de ligação entre a China e a lusofonia.

“Com a associação da TAP ao grupo HNA, a operação da TAP nos países lusófonos encaixa que nem uma luva nas relações entre a China e os países de língua portuguesa, e, claro, encaixa também na estratégia Um Cinturão, Uma Rota”, afiançou.

Por fim, no que concerne à inclusão de novos destinos em Portugal, nomeadamente um voo para o Porto, o presidente do conselho de administração da TAP afirmou poder vir a tratar-se de uma realidade “já num futuro não muito distante”.

O primeiro voo direto China-Portugal foi inaugurado a 26 de julho, operado pela Beijing Capital Airlines, com partida na cidade de Hangzhou, capital da província de Zhejiang (de onde provem a maioria da comunidade chinesa em Portugal), paragem em Beijing, e Lisboa como destino final.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Ni Ni e Jing Boran posam juntos para "BAZAAR"
Canteiro de flores na Praça de Tiananmen
Paisagem de Shahu, no noroeste da China
Veja fotos do último dia do Rock in Rio 2017
Semana de Moda de Milão 2018
Exposição Gastronômica do Meio-Outono realizada em Chengdu

Notícias

UE adota medidas para enfrentar crise na segurança de alimentos
Beijing inicia construção de novo ponto de partida histórico
Lançado primeiro trem de carga refrigerado China-Rússia
Vice-premier chinesa é premiada pela Universidade de Nova York
Xi Jinping visita Exposição "Os 5 anos de mudanças da China"
Construção de alto padrão do subcentro de Beijing é promovida ordenadamente