Conglomerado chinês HNA conclui compra de participação em aeroporto do Rio de Janeiro, Brasil

Fonte: Macauhub Published: 2017-08-03 15:13:47
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O conglomerado chinês HNA concluiu a compra por 19 milhões de dólares da participação do grupo brasileiro Odebrecht no consórcio RioGaleão que gere o Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, informaram as duas entidades em comunicado divulgado quinta-feira.

O consórcio RioGaleão controla 51% do capital do aeroporto, sendo 31% da Odebrecht Transport, o braço logístico do grupo brasileiro e 20% da Changi Airports International, operadora do aeroporto de Singapura, sendo que os restantes 49% estão aos mãos da estatal Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero), criada em 1972 para operar os principais aeroportos comerciais do país.

Este negócio, que havia sido anunciado em Abril passado, está ainda dependente da aprovação das entidades reguladoras brasileiras, caso do Conselho Administrativo de Defesa Económica (CADE) e da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

O grupo HNA é um conglomerado com sede na ilha de Hainão que opera nos sectores de aviação, indústria, turismo, logística e financeiro e que se tornou accionista da companhia Azul – Linhas Aéreas Brasileiras ao ter pago 1,7 mil milhões de reais por uma participação de 23,7%.


Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Ni Ni e Jing Boran posam juntos para "BAZAAR"
Canteiro de flores na Praça de Tiananmen
Paisagem de Shahu, no noroeste da China
Veja fotos do último dia do Rock in Rio 2017
Semana de Moda de Milão 2018
Exposição Gastronômica do Meio-Outono realizada em Chengdu

Notícias

UE adota medidas para enfrentar crise na segurança de alimentos
Beijing inicia construção de novo ponto de partida histórico
Lançado primeiro trem de carga refrigerado China-Rússia
Vice-premier chinesa é premiada pela Universidade de Nova York
Xi Jinping visita Exposição "Os 5 anos de mudanças da China"
Construção de alto padrão do subcentro de Beijing é promovida ordenadamente