China toma medidas para incentivar o consumo

Published: 2021-08-23 14:52:42
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A China vai dedicar mais esforços para estimular a atualização do consumo, afirmou nesta segunda-feira (23) o ministro do Comércio do país, Wang Wentao.

Em uma coletiva de imprensa, Wang Wentao afirmou que seu ministério tem aplicado de forma determinada a estratégia de ampliação do consumo desde o 18º Congresso Nacional do Partido Comunista da China realizado em 2012. De 2012 até 2020, a venda a varejo de bens de consumo do país cresceu de 20,6 trilhões de yuans para 39,2 trilhões de yuans, um aumento anual de 8,4% em média.

Com a elevação constante do nível de vida da população, os passos da atualização do consumo estão acelerando com o surgimento de novos pontos em diversas áreas, como cultura, turismo e saúde, indicou o ministro.

Wang Wentao salientou ainda que, atendendo as novas situações do consumo, seu ministério vai reforçar o trabalho nos seguintes aspectos: explorar mais o potencial em consumos tradicionais, como eletrodomésticos, móveis, automóveis e alimentação; acelerar o cultivo de novos modelos do consumo e estabelecer plataformas para a atualização do consumo.

tradução: Shi Liang

revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Mar de flores no lago Fuxian
Exposição “Vida Antiga em Tijolos na Região de Hexi” realizada no Museu Nacional
Trem-bala Fuxing testado na região alpina no ponto mais oriental da China
Filhotes gêmeos de panda em Sichuan
Melhora qualidade da água no Lago Baiyangdian em Xiong'an
Flor de lótus está em plena floração no Parque Xihai de Beijing

Notícias

Incêndio atinge Parque Estadual do Juquery em São Paulo
Por falta de doses, Rio de Janeiro suspende vacinação contra Covid-19
Lu Shengmei, médica que cuida da saúde dos chineses há mais de 50 anos
Trem-bala com destino a Lhasa
Astronautas da Shenzhou-12 saem com sucesso da espaçonave
Li Huanying: especialista chinesa em prevenção da hanseníase completa 100 anos