Empréstimos chineses crescem 12,76 trilhões de yuans no primeiro semestre

Fonte: CRI Published: 2021-07-13 19:47:28
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Banco Central da China da China divulgou nesta terça-feira (13) os principais indicadores financeiros contabilizados no primeiro semestre deste ano. Os dados mostram que a base monetária, formada pela moeda em circulação (M1) mais os depósitos à vista nos bancos (M2), chegou a 213,78 trilhões de yuans, uma alta de 8,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Já o dinheiro em circulação alcançou 63,75 trilhões de yuans, aumento de 5,5% na mesma comparação.

Nos primeiros seis meses de 2021, os empréstimos cresceram 12,76 trilhões de yuans e 80,2 bilhões de dólares em moeda estrangeira. Já a poupança interna aumentou 14,05 trilhões de yuans, e os depósitos em moeda estrangeira tiveram expansão de 129,7 bilhões de dólares. Até o final de junho, as reservas cambiais chinesas totalizavam 3,21 trilhões de dólares.

Tradução: Isabel Shi

Revisão: Patrícia Comunello

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Cantinas oferecem almoço gratuitos a idosos
Vista de campo de arroz em Jiangxi
Paisagem noturna de cidade de Ya'an
Pessoas experimentam a escavação de “tesouros antigos” em um centro comercial
Pessoas se refrescam durante termo solar "Xiaoshu"
Conheça um artista que faz esculturas com massa de farinha

Notícias

Farmacêuticas chinesas já produzem vacinas para fornecer ao programa Covax, diz chancelaria chinesa
Empréstimos chineses crescem 12,76 trilhões de yuans no primeiro semestre
Importação e exportação da China crescem por 13 meses consecutivos
Nova variante do novo coronavírus entra no Brasil durante Copa América
Porta-voz da chancelaria chinesa ironiza relatório da Bloomberg que classifica EUA como melhor país no combate à Covid
China inicia programas de estudo de amostras lunares