China não permite qualquer difamação ao algodão de Xinjiang

Fonte: CRI Published: 2021-03-25 16:29:46
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O chamado “trabalho forçado” na Região Autônoma Uigur de Xinjiang é um rumor. A China não permitirá qualquer difamação ao algodão produzido na região. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (25) pelo porta-voz do Ministério do Comércio chinês, Gao Feng, ao responder à questão das marcas de vestuários estrangeiros relacionadas a Xinjiang, como H&M, em uma coletiva de imprensa.

O porta-voz salientou que a China se opõe à interferência por qualquer força externa nos assuntos internos chineses, incluindo a questão de Xinjiang. O país também não aceitará sanções contra entidades e indivíduos da China com o pretexto da chamada questão dos direitos humanos de Xinjiang, com base em mentiras e informações falsas.

O governo chinês saúda e apoia as atividades comerciais normais das corporações multinacionais e seus esforços em construção da cadeia industrial e de suprimento, frisou o porta-voz. Os consumidores chineses já responderam com ações práticas às chamadas decisões de negócios feitas por algumas empresas com base em informações falsas. Essas empresas concernentes devem respeitar as regras do mercado e corrigir seus erros, de forma a evitar a politização de questões comerciais. A China dá boas-vindas a companhias estrangeiras para visitar Xinjiang e quer fornecer mais apoio para desenvolver comércios e investimentos na região.

Tradução: Zhao Yan

Edição: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Flores de azaleia colorem paisagens em montanhas de Bijie, da província de Guizhou
Primeira livraria de concreto impresso em 3D inaugurada em Shanghai
Exposição de ciência espacial tripulada da China inaugurada em Beijing
Paredes decoradas com pinturas coloridas
Paisagem após chuva em Enshi, província de Hubei
Ponte Ruyi em Taizhou

Notícias

China não permite qualquer difamação ao algodão de Xinjiang
ONU faz homenagem às 300 mil vítimas brasileiras de Covid-19 no Rio
Brasil tem mais de 12,22 milhões de casos confirmados de Covid-19
​Foi lançado Cross-Strait Radio, a radiodifusão da CMG para Estreito de Taiwan
Órgão da ONU adota resolução proposta pela China sobre cooperação em direitos humanos
Segurança nacional não deve ser desculpa para protecionismo, afirma presidente da SIA