Comentário: China explica como aperfeiçoar a governança global

Fonte: CRI Published: 2021-01-28 21:01:49
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

As opiniões do presidente chinês, Xi Jinping, sobre o multilateralismo e a governança global, apresentadas na reunião da Agenda de Davos, ressoaram na comunidade internacional. O jornal Russian Gazette comentou que Xi Jinping apresentou as “Opiniões de Davos” para o sistema global pós-pandemia.

Hoje, o sistema de governança global tem antigos problemas e enfrenta também novos desafios. Por exemplo, a lacuna de desenvolvimento Norte-Sul está se ampliando, a governança da saúde pública global necessita ser reforçada, a resposta às alterações climáticas e a promoção do desenvolvimento sustentável são urgentes, etc.

Para responder sobre quais regras de governança o mundo precisa, Xi Jinping indicou que deve-se implementar a administração internacional conforme a lei, defendendo firmemente o sistema internacional com as Nações Unidas como seu núcleo e a ordem internacional baseada na lei internacional.

O principal motivo do caos mundial atual é que alguns países ocidentais colocam seus próprios interesses acima dos interesses públicos globais e promovem o unilateralismo e o protecionismo, aumentando significativamente a dificuldade de enfrentamento aos desafios e crises internacionais. Xi Jinping alertou que se não houver regras internacionais estabelecidas e reconhecidas pela comunidade internacional, o mundo acabará ser dominado pela lei da selva, na qual os fortes devoram os fracos. Isso trará consequências catastróficas à humanidade.

Quanto à solução do aumento da lacuna entre o Norte e o Sul, Xi Jinping afirmou que a comunidade internacional deve fornecer o apoio necessário ao desenvolvimento dos países em desenvolvimento, garantindo seus direitos e interesses justos, para que todos os povos compartilhem as oportunidades e os resultados de desenvolvimento.

A China sempre dá atenção à equidade de desenvolvimento. O país sublinha a promoção da reforma da Organização Mundial do Comércio e do mecanismo financeiro e monetário internacional, apela pela implementação da agenda da ONU de desenvolvimento sustentável para 2030, e anuncia que aprofundará constantemente a cooperação Sul-Sul. As opiniões de Xi Jinping demonstram que a China procura o desenvolvimento comum para que tanto ela própria como os outros prosperem.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Turistas visitam a Grande Garganta de Pingshan, província de Hubei
Flores de cerejeira desabrocham em Kunming
Novo aeroporto de Chengdu conclui primeiro voo de teste
Luzes anunciam a chegada do próximo Festival da Primavera em Chongqing
Antiga cidade de huanglongxi em Chengdu
Uma exposição de "Sobremesas da Dinastia Tang" foi realizada em Xi'an

Notícias

Receita fiscal da China cai 3,9% em 2020
A China no Fórum Económico Mundial: Esperança e empenho na resolução conjunta da atual crise Mundial
Sistema ferroviário chinês adota medidas contra pandemia com o começo das viagens para Festa da Primavera
Chancelaria chinesa exorta os EUA na retomada do Acordo de Paris e refuta dúvidas
Documentário sobre histórias culturais e religiosas de Xinjiang estreia nesta segunda-feira
A OMS elogia a China por enviar dados de vacinas para avaliação