Comentário: Desenvolvimento é uma chave crucial para resolver problema da pobreza

Fonte: CRI Published: 2020-11-24 17:36:50
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Diante dos impactos da epidemia de Covid-19, a economia mundial está à beira da recessão. Segundo a previsão do Banco Mundial, a taxa global de extrema pobreza aumentará pela primeira vez nos últimos 20 anos. Cerca de 150 milhões de pessoas no mundo voltarão à pobreza devido ao surto. Como resolver de maneira equilibrada três tarefas: combater a epidemia, estabilizar a economia e garantir o sustento das pessoas? Como alcançar a meta de redução da pobreza global? Esses são problemas espinhosos enfrentados atualmente pela comunidade internacional.

O presidente chinês, Xi Jinping, compareceu à reunião da segunda fase da 15ª Cúpula do G20 por meio de vídeo na noite do dia 22. Na ocasião, ele explicou detalhadamente suas opiniões sobre o desenvolvimento sustentável, salientando que este é a chave essencial para resolver o problema da pobreza.

Ele frisou que é necessário colocar a agenda de desenvolvimento em uma posição mais proeminente ao elaborar as macropolíticas globais. O líder chinês também propôs três propostas quanto à prioridade de desenvolvimento, à aplicação de políticas abrangentes e equilibradas e à criação de um bom ambiente econômico internacional. Essas percepções, contendo as experiências e práticas da China, fornecerão uma solução para resolver o dilema global atual.

Quanto mais dificuldades e desafios enfrentamos, mais devemos dominar a direção do desenvolvimento para o futuro. Outros países em desenvolvimento devem aderir à Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, fortalecendo a confiança e focando em garantir a subsistência e bem-estar da população.

É importante colocar em prática depois de estabelecer conceitos corretos. No aspecto da promoção da redução da pobreza global, a China também propôs uma série de sugestões detalhadas, incluindo o fornecimento de apoio de financiamento necessário às nações em desenvolvimento, o impulsionamento de construção de infraestruturas e da economia digital e a redução de barreiras comerciais.

No dia 23 deste mês, a China alcançou a retirada da pobreza de todos os distritos remanescentes. O país, que atingirá a meta de erradicação da pobreza absoluta dez anos antes do previsto, vai entrar em uma nova fase de desenvolvimento. A China continuará aproveitando suas vantagens para ajudar as nações em desenvolvimento a melhorar suas capacidades na redução da pobreza, de forma a construir conjuntamente um mundo maravilhoso que está longe da pobreza e procurando um desenvolvimento comum.

Tradução: Zhao Yan

Edição: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Paisagem do vale Jiuzhaigou no inverno
Pessoas visitam o Museu de Suzhou
Cisnes nadam no Reservatório de Huairou, norte de Beijing
Uma cadeira elevatória automática foi instalada no Centro Sênior de Baitaling, em Hangzhou
Pássaros silvestres comem os frutos restantes nas árvores de dióspiro
Um labirinto feito com plantas atrai turistas na cidade Kunming

Notícias

Comercialização condicional da vacina produzida pela China: segura e confiável
Vacina chinesa contra Covid-19: tecnologia madura e capacidade de produção suficiente
Brasil vai iniciar vacinação contra Covid-19 no dia 20
Sérvia recebe 1 milhão de vacinas chinesas da Sinopharm
Parte continental da China tem 96 novos casos de COVID-19 transmitidos localmente
Porta-voz chinesa elogia documentário A Era Pós-Pandêmica