Comentário: Vitória da luta contra a epidemia é uma nova força para o progresso da China

Published: 2020-09-08 21:40:32
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A China realizou hoje (8) em Beijing uma cerimônia solene para premiar as personalidades que fizeram contribuições notáveis no combate à epidemia do novo coronavírus. O presidente chinês, Xi Jinping, concedeu a Medalha da República e o Título de Honra Nacional aos homenageados e fez um discurso importante.

Na ocasião, o líder chinês ressaltou mais uma vez o princípio de que a vida está acima de tudo. “Para salvar vidas, podemos fazer tudo”, enfatizou Xi Jinping.

Vale lembrar que durante a luta contra a epidemia, o Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China convocou 21 reuniões concernentes e todos os custos dos pacientes foram pagos pelo governo. Por isso, o consultor sênior do diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Bruce Alyward, disse, em fevereiro, quando estava realizando pesquisas na China, que o princípio da China é fazer todo o possível para salvar vidas.

A união é a arma mais importante da China para vencer a epidemia. O espírito de cooperação e sacrifício dos 1,4 bilhão de chineses é muito impressionante para o mundo inteiro. Mais de 40 mil profissionais de saúde provenientes de todos os lugares do país viajaram a Wuhan, a linha de frente desta batalha especial. Mais de 2000 médicos foram infetados pelo novo coronavírus, e dezenas deles morreram. Como o ganhador da Medalha da República, o acadêmico Zhong Nanshan, disse, garantir a saúde e a segurança da vida do povo é a missão dos profissionais de saúde.

Até o dia 7, a China já não registrou nenhum novo caso de transmissão local do novo coronavírus em mais de 20 dias. Michael Ryan, diretor executivo do Programa de Emergências em Saúde da OMS, agradeceu, no mesmo dia, mais uma vez os profissionais de saúde e o povo chinês.

Além disso, a China venceu este mal sem precedente com a ciência. O respeito para com as regras científicas é refletido na elaboração de políticas, no tratamento médico e na administração social.

Atualmente, a pandemia continua atrapalhando o mundo inteiro. A China já doou US$5 milhões para a OMS, enviou 34 equipes médicas para 32 países e forneceu auxílios para 150 países e quatro organizações internacionais concernentes. Tudo isso mostra a responsabilidade de uma potência.

A história da China demonstrou que o povo chinês sempre pode acumular experiências e conseguir novos progressos após grandes desastres. Esta vitória contra o novo coronavírus vai, com certeza, trazer mais confiança para os chineses que estão procurando a revitalização da sua nação.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Salão de Concerto de Shanghai reabre ao público
Um protetor da Grande Muralha de 63 anos em Hebei
As bagas de goji entraram na temporada de colheita
Novas tecnologias na feira de comércio de serviços
Feira Internacional de Comércio de Serviços da China realizada do dia 4 a 9 de setembro em Beijing
Líderes chineses participaram de um evento para comemorar o 75º aniversário da vitória na Guerra de Resistência do Povo Chinês contra a Agressão Japonesa e na Guerra Antifascista Mundial

Notícias

Comentário: Vitória da luta contra a epidemia é uma nova força para o progresso da China
Chancelaria chinesa repudia teses dos EUA sobre o rio Mekong
Xi Jinping resume espírito de combate à COVID-19
Quatro personalidades premiadas pela contribuição na luta contra Covid-19
China premia personalidades pelas contribuições na luta contra Covid-19
Inclusão da SMIC na lista negra pelos EUA é “hegemonia nua”, diz chancelaria chinesa