Cidades chinesas de 500 mil pessoas estarão ligadas pela ferrovia de alta velocidade até 2035

Fonte: CRI Published: 2020-09-07 10:43:34
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Segundo o programa de desenvolvimento ferroviário lançado pela China Railway, até 2035, todas as cidades chinesas com população acima de 500 mil estarão interligadas pela ferrovia de alta velocidade.

A China se tornará um país com uma poderosa ferrovia com serviços seguros, de boa qualidade e instalações de apoio forte, consta no programa. O vice-diretor do Departamento de Desenvolvimento e Reforma da China Railway, Ding Liang, apresentou que no programa consta vários objetivos concretos de desenvolvimento ferroviário.

“O Programa define metas de desenvolvimento em nove áreas, tais como, construção da rede ferroviária, inovação tecnológica, serviços de transporte, segurança, sistema de gestão e competitividade internacional, entre outras. Estas áreas se apoiam e devem ser desenvolvidas em conjunto.”

De acordo com o programa, até 2035, a rede ferroviária de todo o país terá 200 mil quilômetros de extensão, da qual 70 mil quilômetros são de alta velocidade. Além disso, todas as cidades com 200 mil pessoas deverão ser ligadas com ferrovias, e todas com 500 mil residentes terão acesso às ferrovias de alta velocidade.

Segundo Ding, o objetivo estratégico da China é dispor de uma malha ferroviária completa e de nível avançado no mundo até 2050.

“Teremos três tipos redes, de alta velocidade, de velocidade normal e intermunicipal. Com base nessas, construímos mais instalações hub modernas, construindo assim as infraestruturas de ferrovia de classe mundial.”

A produção autônoma de equipamentos tecnológicos avançados é outro trabalho importante no programa. O vice-diretor do Departamento de Metrologia da China Railway, Wu Guodong, afirmou que a velocidade é um índice principal para avaliar o nível de desenvolvimento de ferrovia em um país. Desde que a China concretizou o funcionamento comercial do trem de unidades múltiplas FUXING de 350 quilômetros por hora, Japão, França, Alemanha e outros países também aumentaram a velocidade alvo dos mesmos trens para acima de 350 quilômetros por hora. No futuro, a China vai produzir a nova geração de trens de unidades múltiplas.

“Atualmente, a China Railway está pesquisando a nova geração de trens de alta velocidade com base nas linhas ferroviárias já existentes. Vamos produzir trens seguros, estáveis, confortáveis, de baixo consumo de energia e ambientalmente amigáveis, representando o nível mundial mais avançado e promovendo o progresso tecnológico do mundo nesta área.”

Wu Guodong indicou que a China integrará profundamente as tecnologias de internet das coisas, inteligência artificial e 5G com a nova geração de unidades múltiplas, pesquisando a aplicação das tecnologias inteligentes, para fornecer serviços mais seguros e diversificados aos passageiros.

Além disso, a China também se esforçará pela interconectividade ferroviária, aperfeiçoando o sistema de serviço de logística ferroviária internacional e reforçando o intercâmbio com outros países, a fim de ampliar o espaço de cooperação de benefício recíproco.

Dados mostram que até o final de julho deste ano, a milhagem operacional de trem na China já atingiu 141,4 mil quilômetros, ficando no segundo lugar no mundo. E a extensão total da malha ferroviária de alta velocidade chegou a 36 mil quilômetros, a maior do mundo.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Feira Internacional de Comércio de Serviços da China realizada do dia 4 a 9 de setembro em Beijing
Líderes chineses participaram de um evento para comemorar o 75º aniversário da vitória na Guerra de Resistência do Povo Chinês contra a Agressão Japonesa e na Guerra Antifascista Mundial
Turistas visitam a antiga cidade de Nantou
Paisagem do lago Baihua em Guiyang
O outono pode ser considerado a melhor estação para viajar de carro
Fotógrafo transforma alimentos em obras de arte

Notícias

Comércio digital elevará nível de abertura da China
China e Grécia prometem promover ainda mais laços e cooperação bilaterais
​Xi Jinping discursa na Feira Internacional de Comércio de Serviços da China
Testes no exterior de vacinas chinesas na fase 3 atraem atenção da mídia ocidental
Feira Internacional de Comércio de Serviços da China é aberta hoje em Beijing
Felicidade floresce nas margens do rio Hutuo