Wuqing converte a agricultura em uma indústria promissora

Published: 2020-09-03 17:10:48
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O distrito de Wuqing é um grande produtor agrícola de Tianjin. Ele fornece um terço dos alimentos e vegetais da cidade. Nos últimos sete anos, Wuqing aproveitou suas vantagens geográficas para aperfeiçoar a estrutura do produto agrícola e aumentar a renda dos agricultores, fazendo com que a vida do povo se fique cada vez mais próspera.

Nessa estação, as uvas amadurecem. Na aldeia Dingjiaquan, de Wuqing, todos os dias, muitos turistas colhem manualmente as uvas nas estufas.

Antes de 2013, a aldeia era pobre, já que na sua terra arável de 1,7 mil mu (1 mu = 0,067 hectare) só se plantavam culturas arvenses. A renda anual coletiva da aldeia era de 60 mil de yuans. Todos os aldeões estavam ansiosos para ganhar mais dinheiro.

Em 2013, o grupo de trabalho para reduzir a pobreza chegou na aldeia Dingjiaquan. Eles resolveram a irrigação das terras agrícolas e acrescentaram outras tecnologias de apoio, aumentando 100-150 quilogramas a produção por mu de trigo e milho no local. Além disso, eles ajudaram a estabelecer uma fábrica de farinha feita por moinho de granito, fazendo com que o trigo local tenha uma boa venda dentro da aldeia.

A terra arável de Tianjin é limitada. Com o objetivo de garantir a produção de alimentos do país, Tianjin aproveitou o desenvolvimento coordenado entre Beijing-Tianjin- Hebei para ajustar a estrutura agrícola e expandir indústrias como turismo agrícola e de lazer. Por esse motivo, a aldeia Dingjiaquan decidiu cultivar uvas, considerando a condição do solo da região.

Porém a iniciativa não recebeu apoio dos compatriotas. Para tranquilizá-los, o grupo de trabalho e os quadros da aldeia persuadiram os aldeões de casa em casa, ensinando-lhes as técnicas do campo, além de abrir o mercado para os plantadores. Hoje, a aldeia possui estufas de uva com mais de 200 mu. A vida dos aldeões melhorou significativamente.

Agora, Wuqing construiu 80 mil mu de instalações agrícolas e mais de dois mil cooperativas agrícolas, realizando uma produção anual de 900 mil toneladas de várias espécies de vegetais e um valor de produção de quase dois bilhões de yuans.

A agricultura é o trabalho do dia a dia dos camponeses. Não é fácil converter a agricultura em uma indústria promissora e fazer com que os agricultores tenham orgulho de suas profissões. Com o desenvolvimento e expansão dos parques com características locais, Wuqing aperfeiçoou e enriqueceu as indústrias de turismo, colheita e lazer, e tornou-as maiores e mais fortes, realizando a revitalização geral das aldeias.

Tradução: Nina Niu

Edição: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Turistas visitam a antiga cidade de Nantou
Paisagem do lago Baihua em Guiyang
O outono pode ser considerado a melhor estação para viajar de carro
Fotógrafo transforma alimentos em obras de arte
Festival de Turismo de Shambhala, em Gansu
Pessoas aproveitam o tempo de lazer em um parque de Beijing

Notícias

Imprensa estrangeira elogia recuperação econômica chinesa
Wuqing converte a agricultura em uma indústria promissora
“Moça de ginseng” impulsiona vida próspera da vila Wanliang
Exportações da China saltam com reabertura econômica, diz mídia dos EUA
Embaixadores da China e da Rússia publicam em conjunto um artigo comemorando 75 anos da vitória na Segunda Guerra Mundial
Destaques nas exposições da Feira Internacional de Comércio de Serviços da China