Comentário: Exército chinês é força firme para proteger o povo e salvaguardar a paz

Published: 2020-08-01 19:56:17
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Hoje, dia 1º de agosto de 2020, marca o 93º aniversário da fundação do Exército Popular de Libertação (EPL) da China. Sob a liderança do Partido Comunista da China (PCCh), o EPL estabeleceu façanhas extraordinárias para a independência da nação, a libertação do povo e a fundação da República Popular da China. Também fez contribuições importantes para salvaguardar a soberania, segurança e desenvolvimento do país e garantir a paz e estabilidade do mundo.

O EPL sempre se ateve à missão e inspiração inicial, servindo como forte protetor do povo chinês. Perante o surto da epidemia do novo coronavírus no início deste ano, o exército chinês enviou equipes médicas de elite o mais rapidamente a Wuhan para auxiliar no tratamento de pacientes e controle da epidemia.

Mais de 4 mil profissionais de saúde do EPL foram a Wuhan e trabalharam como força principal na linha de frente antiepidêmica. Durante o período de combate ao COVID-19, nenhum médico ou enfermeiro do EPL foi infectado pelo vírus.

Logo após o controle do surto, inundações graves ocorreram no sul da China devido a chuvas torrenciais. Os soldados do EPL se lançaram de novo para a linha de frente no combate às enchentes, indo sempre aos lugares mais perigosos para proteger a vida e a propriedade do povo.

Além disso, o EPL também é uma força firme para proteger a paz e a estabilidade mundial. Seguindo uma política defensiva de defesa nacional, o país nunca provocou guerras ou conflitos armados, nem invadiu ou ocupou nenhum território de outros países nos últimos 71 anos desde a fundação da República Popular da China.

Até o momento, a China já participou de 26 operações de manutenção da paz da ONU e enviou mais de 40 mil soldados para as missões. O país também enviou 35 frotas de escolta para o Golfo de Áden nos últimos 12 anos, que protegeram a navegação de 6 mil navios na região. O exército chinês mandou ainda seis equipes médicas para o combate à epidemia de Ebola na África.

Atualmente, a epidemia do COVID-19 está trazendo mudanças drásticas para o enquadramento e a ordem internacional. O EPL manterá sua inspiração inicial e fará maiores contribuições para a construção da comunidade de futuro compartilhado da humanidade.

Tradução: Paula Chen

Revisão: Erasto Santo Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Shantou: uma cidade diversa, rica em história
Xiamen, um jardim sobre o mar
Belo dia de sol em Beijing
Shenzhen: uma cidade moderna, energética, internacionalizada e de moda
Idosos praticam aeróbica tradicional no parque Templo do Céu em Beijing
Próspera indústria de plantação de pêras em Xinjiang

Notícias

Emissão de títulos da China chega a US$ 680 bilhões em julho
Aldeia na região montanhosa de Chongqing está mais acessível e tecnológica
72% dos ingressos do Festival Internacional de Cinema de Beijing são vendidos em 10 minutos
​Começa construção do CMG Copyright Trade Center em Shanghai
Xi Jinping: PCCh sempre terá sucesso se governar para o povo
Mianmar inicia 4ª reunião da Conferência de Paz de Panglong do Século 21