Comentário: Proposta chinesa indica direção para cooperação internacional no combate antipandêmico

Fonte: CRI Published: 2020-06-18 17:23:42
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O presidente chinês, Xi Jinping, proferiu na noite da quarta-feira (17) um discurso ao presidir a Cúpula Extraordinária China-África sobre a Solidariedade contra o COVID-19 realizada em Beijing. Na ocasião, o líder chinês reiterou a solidariedade no combate à pandemia, a continuidade da cooperação sino-africana, a implantação do multilateralismo, a promoção da amizade sino-africana e a criação da comunidade de saúde e da comunidade mais estreita de futuro compartilhado China-África. A proposta de Xi Jinping orienta a cooperação pragmática sino-africana e injeta nova força à cooperação internacional no combate ao novo coronavírus .

Sendo grandes amigos, irmãos e parceiros, a China e os países da África têm obtido grande amizade e afinidade nos últimos cinquenta anos. Nas duas sessões da Cúpula de Cooperação China-África, o presidente Xi Jinping apresentou uma série de medidas para efetuar a coperação e aprofundar a amizade e a confiança mútua. Perante a pandemia do novo coronavírus, a China e o continente africano se apoiam mutuamente e combatem em conjunto, tornando a união, a amizade e a confiança mútua mais consolidadas.

Na Cúpula Extraordinária, Xi Jinping se comprometeu a fornecer assistências de materiais, enviar grupos de médicos, ajudar na aquisição de materiais na China, construir a sede do Centro Africano de Prevenção e Controle de Doenças neste ano, e usar vacinas nos países africanos quando estiverem desenvolvidas. Todos os compromissos chineses favorecem a melhoria da construção da capacidade de saúde na África e aumentou a confiança no combate antipandêmico. Além disso, Xi Jinping disse que a China isentará as dívidas de empréstimo sem juro vencidas até o final de 2020 no quadro do Fórum de Cooperação China-África e apoiará a construção da zona de livre comércio no continente africano e a construção da cadeia industrial e de suprimento, tudo isso promove a revitalização do continente e seu desenvolvimento sustentável.

No contexto de politização da pandemia por alguns políticos ocidentais, o líder chinês reiterou que, junto com a África, a China defende o sistema global de governança tendo como núcleo as Nações Unidas, apoia a Organização Munidal da Saúde por contribuir com mais esforços no combate antipandêmico e se opõe à discriminação racial e ao preconceito ideológico, tendo significado importante para alcançar mais consenso na luta contra a pandemia e em evitar distúrbio político.

Na declaração conjunta emitida na Cúpula Extraordinária, a China e a África publicaram sete consensos, inclusive a avaliação positiva da parte africana sobre as medidas tomadas pela China contra a transmissão da epidemia e as informações públicas, transparentes e responsáveis à OMS e aos países concernentes. Ao mesmo tempo, a parte africana manifestou seu firme apoio à China em relação às questões de Taiwan e Hong Kong. Os pontos demonstram a alta confiança política mútua entre as duas partes.

A luta contra a pandemia continua. As práticas demonstram que a China é o parceiro mais confiável da África na era cheia de incerteza. Seja qual for a circunstância internacional, fica inabalável a determinação chinesa de reforçar a união e a cooperação com a África.

Tradução: Xia Ren

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Shantou: uma cidade diversa, rica em história
Xiamen, um jardim sobre o mar
Belo dia de sol em Beijing
Shenzhen: uma cidade moderna, energética, internacionalizada e de moda
Idosos praticam aeróbica tradicional no parque Templo do Céu em Beijing
Próspera indústria de plantação de pêras em Xinjiang

Notícias

Emissão de títulos da China chega a US$ 680 bilhões em julho
Aldeia na região montanhosa de Chongqing está mais acessível e tecnológica
72% dos ingressos do Festival Internacional de Cinema de Beijing são vendidos em 10 minutos
​Começa construção do CMG Copyright Trade Center em Shanghai
Xi Jinping: PCCh sempre terá sucesso se governar para o povo
Mianmar inicia 4ª reunião da Conferência de Paz de Panglong do Século 21