Comentário: Economia chinesa continua em recuperação

Fonte: CRI Published: 2020-06-15 21:18:51
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A Administração Nacional de Estatísticas publicou hoje (15) os dados econômicos de maio, no qual apontam melhora e recuperação contínua dos índices econômicos. A economia chinesa, frente às pressões internas e externas, é capaz de vencer as dificuldades temporárias e se desenvolver constantemente.

Em maio, a produção industrial de valor agregado subiu 4,4% ano a ano em maio, ampliando a recuperação de 0,5 ponto percentual a mais em relação à taxa de crescimento registrada em abril. O índice de produção do setor de serviço aumentou 1% quando comparado com ano passado, ante a queda de 4,5% registrada em abril. As vendas no varejo de bens de consumo caíram 2,8% em termos anuais em maio. O índice de preço ao consumidor aumentou 2,4% em maio, tendo um declínio de 0,9% em relação ao mês de abril. A taxa de desemprego na zona urbana registrou uma queda de 0,1 ponto percentual no mês passado.

Nos dados econômicos de maio, alguns pontos brilhantes são destacados. O primeiro é a melhora do consumo. A venda de mercado tem melhorado em três meses consecutivos. A venda no varejo das mercadorias em maio já quase atingiu o nível do mesmo período do ano passado. As vendas online ao vivo se tornaram bastante dinâmicas. Tudo isso indica que o consumo forte de 1,4 bilhão de pessoas continua a ser o maior motor do crescimento econômico chinês.

As indústrias de alta tecnologia se tornaram outra força motriz de crescimento. Em maio, o valor agregado das indústrias manufatureiras de high-tec aumentou 8,9%, sendo 4,5% a mais do que o nível médio das indústrias. A produção de equipamentos de impressão 3D, relógios inteligentes, wafers de circuitos integrados, postos de carregamento e outros produtos aumentou mais de 70% ano a ano.

A China já lançou o plano da construção de “novas infraestruturas”. O governo enfatizou mais uma vez a aceleração do desenvolvimento da rede 5G, bancos de dados e outras novas infraestruturas para fornecer apoio macropolítico à reestruturação da cadeia de suprimento. Isso também promoverá a cadeia industrial global e aumentará a atração ao mercado chinês.

Hoje de manhã(15), a  edição 127 da Feira de Importação e Exportação da China (Feira de Guangzhou) foi aberta. O evento durará dez dias e é realizado online. Cerca de 25 mil empresas farão negócios pela Internet.

Quanto mais difícil esteja a situação, a China ampliará mais a abertura. Uma China defensora do multilateralismo e da globalização é capaz de promover a recuperação econômica nacional e injetar impulso ao desenvolvimento econômico do mundo.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Pessoas doam sangue no Dia Mundial do Doador de Sangue
Cenário do parque Zishan na cidade Handan, província de Hebei
Comunidade de Suzhou oferece serviço de entrega de refeições para idosos
Cooperativa de chá ajuda famílias a superarem a pobreza em Hainan
Palácio Potala reabre ao público
Indústria de cosméticos cresce rápido e se destaca na vila de Daixi

Notícias

Comentário: Economia chinesa continua em recuperação
Estatística revela recuperação da economia chinesa em maio
Preços de suínos na China sobem no início de junho
Sempre filho da terra amarela
Interpretação do pensamento "o povo primeiro" de Xi Jinping
Documentário de coprodução China-França liga culturas