Grupo de Mídia da China doa 500 milhões de yuans em recursos de publicidade para Hubei

Published: 2020-04-27 20:21:20
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Grupo de Mídia da China (CMG) decidiu doar 500 milhões de yuans em recursos de publicidade para apoiar a recuperação das atividades econômicas da província de Hubei, a região mais afetada pelo novo coronavírus.

A cerimônia de doação foi realizada hoje (27) online. O presidente do CMG, Shen Haixiong, e o secretário do Comitê Provincial de Hubei do Partido Comunista da China, Ying Yong, participaram do evento.

Shen Haixiong disse que a vitória de Wuhan e de Hubei na luta contra a epidemia deixou todo o povo chinês muito orgulhoso. Para ampliar as diretrizes do presidente Xi Jinping, o CMG decidiu doar recursos de publicidade para a província. Shen disse acreditar que sob a liderança do Partido e com os esforços do povo heroico de Hubei, a economia local recuperará seu crescimento em breve.

Vale lembrar que anteriormente, o CMG já havia feito muitos programas ao vivo online para ajudar a província a vender mais de 400 milhões de yuans em produtos agrícolas e criar cerca de 100 mil empregos para universitários de Hubei.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Erasto Santos Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Lago salgado Caka em Qinghai reabre a turistas
Longlin de Guangxi desenvolve indústria de chá para sair da pobreza
Paisagens da primavera em toda a China
Diversas atividades ao redor da China marcam o Dia da Terra
Pessoas jogam tênis em um centro esportivo na cidade Changsha
Fujian reforça proteção de aldeias antigas e restauração ecológica

Notícias

Grupo de Mídia da China doa 500 milhões de yuans em recursos de publicidade para Hubei
China constrói maior radiotelescópio direcionável da Ásia para missão de Marte
Brasil sofre pressão da pandemia e da desaceleração econômica
Equipe chinesa em Burkina Faso compartilha exepericência no combate à epidemia
Comentário: A chave da vitória da China: trabalhar para o povo e apoiar-se no povo
Casa Branca nega demissão de Secretário de Saúde e Serviços Humanos