Comentário: A chave da vitória da China: trabalhar para o povo e apoiar-se no povo

Published: 2020-04-26 20:23:42
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

No momento mais difícil, Wuhan registrou mais de 13 mil novos casos de infecção pelo novo coronavírus em apenas um dia. Mas agora, a cidade já não relata novos casos do mal há mais de 20 dias e o número de casos em estado crítico também foi de zero desde o dia 24. Wuhan venceu, Hubei venceu e a China venceu!

Por que a China pôde enfrentar com sucesso esta grande emergência de saúde pública num período tão curto? A resposta é simples: a China trabalha totalmente para o povo e apoia-se firmemente no povo.

No início do surto do COVID-19, o presidente chinês, Xi Jinping, já havia feito um julgamento preciso: a vitória da China dependia de Hubei e a vitória de Hubei dependia de Wuhan. Por isso, no dia 23 de janeiro, Wuhan, uma cidade de mais de 11 milhões de habitantes, foi fechada. Esta foi a maior medida de quarentena na história da humanidade e foi eficaz. A revista Science publicou um artigo no dia 6 de março, reconhecendo que o isolamento de Wuhan reduziu 80% da propagação da epidemia na arena internacional em fevereiro.

A partir daquele momento, a China começou a adotar medidas mais completas, mais integrais e mais rigorosas para lutar contra o novo coronavírus. Em apenas dez dias, foram construídos dois hospitais especiais e vários hospitais provisórios em Wuhan. Mais de 40 mil profissionais de saúde de outros lugares do país chegaram à capital da província de Hubei.

Vale ressaltar que entre os mais de 2.500 casos descobertos de pessoas com mais de 80 anos de idade em Wuhan, 70% foram curados. O paciente mais velho foi um senhor de 108 anos de idade. Aqui, a vida é a supremacia, independente da idade e riqueza. Bruce Aylward, conselheiro sênior do diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), disse que as medidas da China foram provadas e bem-sucedidas, pois fizeram todo o possível para salvar vidas.

O líder chinês, Xi Jinping, presidiu 10 reuniões especiais dos membros permanentes do Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China para o assunto e fez cinco inspeções na linha de frente da luta contra a epidemia, incluindo no dia 10 de março, quando visitou Wuhan.

Como o Partido Comunista da China considera os interesses do povo como sua maior prioridade, os 1,4 bilhão de chineses foram totalmente mobilizados e mostraram espíritos de cooperação e de ação unânime impressionantes. Nas ruas, não tem ninguém, mas atrás das janelas, todos são lutadores.

Esta guerra contra a epidemia tem duas importantes posições, uma nos hospitais e outra nas comunidades residenciais. Como o presidente Xi Jinping disse, o povo chinês é a origem da força e confiança para vencer a epidemia e o povo é o verdadeiro herói.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Oficinas de redução da pobreza fornecem empregos a residentes realocados em Guangxi
Mar de flores na província de Jiangsu
Paisagem do Monte Qomolangma
Trabalhadores de empresas de produtos culturais e criativos aumentam a produção
Zona sul da Biblioteca Nacional da China reabriu ao público
Trem de carga China-Europa envia suprimentos médicos a Belgrado

Notícias

Xi Jinping pede a construção da comunidade global de saúde integrada
Wuhan diz que testes de ácido nucleico serão gratuitos
Xi Jinping presta atenção à divulgação da cultura da nação chinesa
10ª reunião da Comissão Permanente do 13º Comitê Nacional da CCPPCh é inagurada em Beijing
Brasil relata mais de 240 mil casos confirmados de COVID-19
Brasil relata mais de 230 mil casos de COVID-19