Partido Comunista da China faz novas disposições sobre prevenção da epidemia e recuperação da produção

Published: 2020-03-27 21:22:54
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh) convocou hoje (27) uma reunião para analisar a atual situação da pandemia dentro e fora do país e fazer novas disposições sobre os trabalhos da próxima fase.

O secretário-geral do Comitê Central do PCCh, Xi Jinping, presidiu o encontro.

A reunião indicou que sob os duros esforços de todo o povo chinês, o controle da epidemia no país conseguiu notáveis sucessos. Mas agora o novo coronavírus está se espalhando em todo o planeta, portanto, a China está enfrentando grandes ameaças de que o mal venha do exterior.

A reunião enfatizou que ainda se precisa manter a prudência e cuidado para evitar o aumento de novos casos de contágio no país. Ao mesmo tempo, as atividades de produção e a ordem social devem se recuperar passo a passo.

A reunião ainda sublinhou que as entidades diplomáticas chinesas no exterior devem cuidar dos cidadãos chineses locais.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Erasto Santos Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Oficinas de redução da pobreza retomam o trabalho na cidade de Ulanqab
Wuhan toma várias medidas nos pedágios à medida que fluxo de tráfego aumenta
Paisagem ao longo do rio Yarlung Zangbo após a queda de neve
Trabalhadores montam um navio no estaleiro da fábrica na ilha de Changxing de Shanghai
Os restaurantes de hotpot em Chengdu retomam os negócios com medidas de prevenção
Flores de cerejeira desabrocham em Beijing

Notícias

Empresa chinesa entrega salas de isolamento à Coreia do Sul
EUA se tornam o país com maior número de casos do COVID-19
China suspende entrada de estrangeiros com vistos e autorizações de residência chineses
Xi Jinping pede união da comunidade internacional na cúpula do G20
Banco de dados chinês sobre COVID-19 registra 4,44 milhões de downloads
Comércio exterior da China mantém bom ímpeto apesar do impacto de COVID-19