Empresa chinesa entrega salas de isolamento à Coreia do Sul

Fonte: Xinhua Published: 2020-03-27 18:18:01
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Uma fabricante chinesa entregou à Coreia do Sul 15 módulos de sala de isolamento de pressão negativa para ajudá-la a receber pacientes da COVID-19 de forma rápida e lutar efetivamente contra a pandemia.

A entrega segue um contrato entre o Broad Group, na Província de Hunan, centro da China, e o Hospital da Universidade Nacional de Seul. A empresa antes já fornecido ar condicionado central não elétrico e sistema de ar puro aos clientes de muitas regiões da República da Coreia.

Com 24 leitos fabricados pela subsidiária Broad Sustainable Building, o primeiro lote de salas de isolamento chegará à República da Coreia na sexta-feira, e o segundo e o terceiro serão produzidos e entregues em abril.

As salas de isolamento de pressão negativa são divididas em cinco áreas: muito poluída, poluída, meio poluída, meio limpa e limpa. Através do sistema de ar puro de pressão negativa e a tecnologia de controle automático de concentração de ozono, o ar puro entra na sala e evita que os trabalhadores médicos sejam infectados.

Ao mesmo tempo, o ar poluído é liberado pelos canais de esterilização de ozono para evitar a poluição do ambiente. As salas de isolamento serão usadas imediatamente após os equipamentos médicos e leitos serem instalados.

"Os trabalhadores levam um ou dois dias para desembalar e montar uma sala e ajustar os sistemas antes de colocá-las em operação", disse Yang Guangyao, vice-presidente do Broad Group e líder da Broad Sustainable Building.

Desde o surto da COVID-19, o Broad Group lançou produtos antiepidêmicos, como cabine de desinfecção de ozono, e forneceu mais de 400 unidades de máquinas de purificação do ar com fortes funções de desinfecção e esterilização para Huoshenshan, Leishenshan e outros hospitais de transição em Wuhan, epicentro do surto no centro da China.

A entrega das salas de isolamento de pressão negativa à Coreia do Sul forneceu uma boa solução para outros países combaterem a epidemia, disse Yang. A meta da empresa é fornecer assistência à proteção dos médicos e do ambiente por meio de tecnologias sofisticadas e muitos anos de cooperação internacional, além de fazer novas contribuições à contenção da pandemia no mundo, ao tratamento e à cura dos pacientes da COVID-19.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Oficinas de redução da pobreza retomam o trabalho na cidade de Ulanqab
Wuhan toma várias medidas nos pedágios à medida que fluxo de tráfego aumenta
Paisagem ao longo do rio Yarlung Zangbo após a queda de neve
Trabalhadores montam um navio no estaleiro da fábrica na ilha de Changxing de Shanghai
Os restaurantes de hotpot em Chengdu retomam os negócios com medidas de prevenção
Flores de cerejeira desabrocham em Beijing

Notícias

Empresa chinesa entrega salas de isolamento à Coreia do Sul
EUA se tornam o país com maior número de casos da COVID-19
China suspende entrada de estrangeiros com vistos e autorizações de residência chineses
Xi Jinping pede união da comunidade internacional na cúpula do G20
Banco de dados chinês sobre COVID-19 registra 4,44 milhões de downloads
Comércio exterior da China mantém bom ímpeto apesar do impacto de COVID-19