China suspende entrada de estrangeiros com vistos e autorizações de residência chineses

Fonte: CRI Published: 2020-03-27 12:11:29
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A China anunciou nesta quinta-feira à noite a suspensão temporária da entrada de estrangeiros que possuem vistos ou autorizações de residência válidos chineses.

Considerando a rápida disseminação do COVID-19 em todo o mundo, a China decidiu suspender temporariamente a entrada na China de estrangeiros que possuam vistos ou autorizações de residência ainda válidos até a data deste anúncio, a partir da meia-noite de 28 de março de 2020, disse um comunicado divulgado em conjunto pelo Ministério das Relações Exteriores e pela Administração Nacional de Imigração da China.

Segundo o anúncio, a entrada de estrangeiros com cartões de viagens comerciais da APEC também será suspensa.

Também serão temporariamente suspensas as políticas de entrada, incluindo vistos de porto, política de trânsito sem visto de 24/72/144 horas, política de isenção de visto de 30 dias em Hainan, política de isenção de visto de 15 dias voltada para excursão em grupo de cruzeiros estrangeiros pelo porto de Shanghai, política de isenção de visto de 144 horas de Guangdong especificada para grupos estrangeiros de turismo de Hong Kong ou Macau e a política de isenção de visto de 15 dias de Guangxi com alvo de grupos de turismo estrangeiros de países da ASEAN.

No entanto, a entrada com vistos diplomáticos, de serviço, de cortesia ou tipo C não será afetada, afirmou o comunicado.

Estrangeiros que vêm à China para atividades econômicas, comerciais, científicas ou tecnológicas necessárias ou com necessidades humanitárias de emergência podem solicitar vistos em embaixadas ou consulados chineses, consta no comunicado. A entrada de estrangeiros com vistos emitidos após este anúncio não será afetada.

A suspensão é uma medida temporária que a China é obrigada a tomar devido à situação do surto e das práticas de outros países. A China manterá contato estreito com todos os lados e lidará adequadamente com o intercâmbio do pessoal com o resto do mundo sob circunstâncias especiais, segundo o comunicado. As medidas mencionadas serão calibradas conforme a evolução da situação e novos anúncios.


Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Oficinas de redução da pobreza retomam o trabalho na cidade de Ulanqab
Wuhan toma várias medidas nos pedágios à medida que fluxo de tráfego aumenta
Paisagem ao longo do rio Yarlung Zangbo após a queda de neve
Trabalhadores montam um navio no estaleiro da fábrica na ilha de Changxing de Shanghai
Os restaurantes de hotpot em Chengdu retomam os negócios com medidas de prevenção
Flores de cerejeira desabrocham em Beijing

Notícias

EUA se tornam o país com maior número de casos da COVID-19, diz Universidade de Johns Hopkins
China suspende entrada de estrangeiros com vistos e autorizações de residência chineses
Xi Jinping pede união da comunidade internacional na cúpula do G20
Banco de dados chinês sobre COVID-19 registra 4,44 milhões de downloads
Comércio exterior da China mantém bom ímpeto apesar do impacto de COVID-19
Comentário: De “vírus chinês” a “vírus”- O instinto de sobrevivência de Trump