China completará sistema global de satélites de navegação Beidou

Published: 2020-03-10 14:57:41
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A China lançou um novo satélite do Sistema de Satélites de Navegação Beidou (BDS) no Centro de Lançamento de Xichang, província de Sichuan, às 19h55 desta segunda-feira (9), faltando apenas um passo para completar todo o sistema global de navegação.

O aparelho, 54º da família Beidou, foi enviado a uma órbita geoestacionária por um foguete transportador Longa Marcha-3B, conforme planejado. O novo satélite tem os maiores números de funções, sinais, tamanho e vida útil projetados entre todos os BDS-3.

Comparado com outros sistemas de navegação do mundo, o design da constelação BDS é único, incluindo satélites na órbita terrestre média, na órbita geossíncrona inclinada da Terra e na órbita terrestre geoestacionária.

O sistema BDS-3 consistirá de um total de 30 satélites, incluindo 24 na órbita terrestre média, três na órbita terrestre geoestacionária e três na órbita geossíncrona inclinada. O aparelho recém-lançado é o segundo de órbita terrestre geoestacionária do sistema BDS-3, e o último deve ser lançado em maio.

Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Guindastes-de-pescoço-preto na reserva natural nacional de Caohai
Hospital temporário de Wuhan realizou evento em comemoração ao Dia Internacional da Mulher
Cultivo da primavera começa na China
Médicos do hospital de Tianjin realizam consultas online
Muralha da cidade de Xi'an reabre ao público com sistema de reserva online
Funcionários permanecem em trabalho em meio ao surto epidêmico

Notícias

​Xi Jinping inspeciona Hospital Huoshenshan
Empresas estatais chinesas aceleram produção de matéria-prima para máscaras
Brasil busca contramedida frente ao aumento de casos do COVID-19
Wuhan suspende 11 hospitais provisórios
Zhang Weili defende seu cinturão do UFC ao bater a lutadora polonesa
​Lavoura da primavera está em andamento