BPC suspende operações de recompra reversa pelo 14º dia consecutivo

Fonte: Xinhua Published: 2020-03-06 17:58:45
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O Banco Popular da China (BPC), o banco central do país, suspendeu as operações de recompra reversa na sexta-feira pelo 14º dia consecutivo, citando liquidez razoável e suficiente neste momento.
Nenhum acordo de recompra reversa vence nesta sexta-feira.
Um acordo de recompra reversa é um processo no qual o banco central compra valores dos bancos comerciais por licitação, com um acordo para vendê-los de volta no futuro.
Face aos possíveis choques econômicos causados pelo surto do novo coronavírus, as autoridades financeiras prometeram maior atenção à flexibilidade de políticas para manter uma liquidez razoavelmente suficiente e liberar o potencial da reforma da principal taxa de empréstimo.
O banco central havia declarado que a China implementará o "ajuste dinâmico" de políticas específicas de corte de coeficiente de reservas obrigatórias no futuro a fim de aproveitar melhor o financiamento inclusivo para apoiar a economia afetada pelo vírus.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Médicos do hospital de Tianjin realizam consultas online
Muralha da cidade de Xi'an reabre ao público com sistema de reserva online
Funcionários permanecem em trabalho em meio ao surto epidêmico
Palácio Potala oferece passeio turístico virtual por streaming ao vivo
Paisagem de primavera na província de Shaanxi
Pacientes infectados pelo novo coronavírus se recuperam e recebem alta hospitalar em Wuhan

Notícias

Bancos chineses têm superavit na liquidação cambial
Volume de negócios no mercado de divisas da China atinge US$ 1,94 trilhão em janeiro
BPC suspende operações de recompra reversa pelo 14º dia consecutivo
Moeda chinesa se fortalece contra dólar americano pelo quinto dia consecutivo
Investimento em 5G da China deve atingir recorde, diz relatório
Regiões de nível distrital na Mongólia Interior da China saem da pobreza