Comentário: líder chinês dá três sinais positivos sobre a luta contra novo coronavírus

Published: 2020-02-19 22:35:48
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Ontem (18), o presidente chinês Xi Jinping conversou por telefone com o presidente francês Emmanuel Macron e o primeiro-ministro britânico Boris Johnson, respectivamente. Neste momento especial da luta contra o novo coronavírus, a comunidade internacional manifestou mais uma vez apoio e estímulo à China.


Nas conversas com os líderes da França e do Reino Unido, Xi Jinping deu três sinais claros e positivos, sendo eles: a melhora da situação da epidemia por causa da eficiência das medidas, a confiança da China para realizar os objetivos de desenvolvimento socioeconômico deste ano e a atitude aberta e transparente da parte chinesa para continuar promovendo cooperações internacionais.


Depois do surto do novo coronavírus, o líder chinês orientou e dispôs pessoalmente os trabalhos de prevenção e controle da epidemia. A comunidade internacional também não parou de mostrar apoio à China. No último mês, mais de 160 países e organizações internacionais enviaram mensagens de solidariedade e suporte, e dezenas de países prestaram assistência ao país.


O presidente Xi Jinping citou muitas vezes o provérbio chinês “a dificuldade prova a amizade” para agradecer aqueles que ofereceram ajuda à China nesta ocasião especial.


Os dados mais recentes mostram que o números de novos infectados fora da província de Hubei diminuiu em 15 dias consecutivos. Além disso, apenas 1% dos pacientes estão fora da China. Podemos concluir que as medidas rigorosas, integrais e completas tomadas pelo governo chinês não só defendem a saúde de seu povo, como também salvaguardam a segurança da saúde pública mundial.


Na conversa com Xi Jinping, tanto Emmanuel Macron como Boris Johnson disseram que ficaram admirados pelos trabalhos da parte chinesa.


No mesmo dia, 27 cientistas do Reino Unido, Alemanha, EUA, Austrália e de outros países e regiões, publicaram uma declaração conjunta na famosa revista médica internacional The Lancet, mostrando seu apoio aos pesquisadores chineses na luta contra o novo coronavírus.


Tradução: Luís Zhao

Revisão: Gabriela Nascimento

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Equipe médica de Fujian parte para Wuhan
Voluntários doam sangue em Anhui
Estudantes iniciam aprendizado online na China
Mais empresas de Jinan retomam produção
Chongqing: restaurantes continuar focando no serviço de entrega
Paisagem de primavera do Lago Oeste em Hangzhou

Notícias

Província de Hubei toma medidas para encontrar pacientes com febre
Especialista destaca medicina tradicional chinesa na luta contra novo coronavírus
OMS lamenta morte do diretor de hospital em Wuhan
Comentário: epidemia destaca a importância da China na cadeia industrial do mundo
BMW Brilliance retoma operação em meio à epidemia
Hong Kong fretará aviões para levar de volta residentes em navio no Japão