Hong Kong fretará aviões para levar de volta residentes em navio no Japão

Fonte: Xinhua Published: 2020-02-18 17:29:58
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong (RAEHK) fretará dois aviões para levar de volta para casa as centenas de residentes cuja quarentena em um navio no Japão acaba na quarta-feira.

John Lee, secretário de segurança do governo da RAEHK, disse em uma coletiva de imprensa na segunda-feira que, quando eles todos fizerem o teste antivírus, o governo pedirá à autoridade japonesa que os leve a Aeroporto Haneda em Tóquio para pegar os voos fretados de volta.

Os dois voos na quinta-feira levarão 350 residentes de Hong Kong e possivelmente cinco de Macau, disse Lee, acrescentando que haverá uma quarentena de 14 dias após a chegada.

Cerca de 3.700 passageiros e tripulantes a bordo do Diamond Princess estão em quarentena desde o início de fevereiro após o surto do novo coronavírus.

Os passageiros terão permissão de deixar o navio se o teste der negativo e se não mostrarem problemas de saúde quando a quarentena terminar, na quarta-feira, disseram as autoridades japonesas.

Nesta terça-feira Hong Kong enviará uma segunda equipe para tratar da operação, após já ter despachado na véspera 30 funcionários de várias agências governamentais.

Lee disse que a operação recebeu apoio do governo chinês e da embaixada da China no Japão.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Estudantes iniciam aprendizado online na China
Mais empresas de Jinan retomam produção
Chongqing: restaurantes continuar focando no serviço de entrega
Paisagem de primavera do Lago Oeste em Hangzhou
China envia mais de 20 mil médicos para ajudar no combate antivírus em Hubei
Agricultores de toda a China retomam produção

Notícias

Comentário: epidemia destaca a importância da China na cadeia industrial do mundo
BMW Brilliance retoma operação em meio à epidemia
Hong Kong fretará aviões para levar de volta residentes em navio no Japão
Comentário: “ruptura com a China” é uma piada
Xiaomi se torna a principal marca de TV da China
Indústria de marketing digital da China mantém crescimento em meio a epidemia