Xinjiang recebe US$ 2,7 bilhões de fundos de ajuda em 2019

Fonte: Xinhua Published: 2020-01-08 19:01:48
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Ao todo, 19 províncias e municípios chineses forneceram mais de 18,8 bilhões de yuans (US$ 2,7 bilhões) de fundos de ajuda em 2019 para a Região Autônoma Uigur de Xinjiang, no noroeste da China.

Shohrat Zakir, presidente do governo regional, revelou em seu relatório de trabalho do governo apresentado na segunda-feira, na terceira sessão da 13ª Assembleia Popular da Região Autônoma Uigur de Xinjiang, que 1.935 projetos de ajuda foram realizados no ano passado pelas províncias e municípios para contribuir para o alívio da pobreza, o bem-estar das pessoas e o desenvolvimento econômico da região.

De acordo com Zakir, mais de 80% dos fundos de ajuda foram investidos em áreas relacionadas ao bem-estar das pessoas e em regiões de nível distrital ou abaixo.

A China tem implementado o programa "assistência em pares" em Xinjiang desde 1997, canalizando apoio financeiro de outras regiões do país e enviando quadros e profissionais para trabalhar na região autônoma.

Em 2010, uma nova rodada do programa de assistência em pares foi lançada, envolvendo órgãos centrais e do Estado, empresas estatais sob administração do governo central e 19 províncias e municípios.

Nos últimos nove anos, Xinjiang recebeu um investimento total de quase 120 bilhões de yuans.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Pandas gigantes se divertem na neve em Jinan
China Post lança selos especiais do Ano Lunar do Rato
Neve cai em Beijing pela primeira vez em 2020
Paisagem de inverno no Lago Salgado Yuncheng em Shanxi
Festival de Laba
Veja a comemoração de Ano-Novo na cidade Changsha

Notícias

Xinjiang recebe US$ 2,7 bilhões de fundos de ajuda em 2019
Tesla lança programa do Modelo Y em Shanghai
Reservas cambiais da China chegam a US$ 3,11 trilhões
XCMG abre banco no Brasil para ajudar construção de infraestruturas
Vários estudantes feridos em confrontos dentro da Universidade de Déli
PIB do Tibet cresce 9% em 2019