Habitantes de Macau recebem cartas de Xi Jinping

Published: 2019-12-17 17:01:31
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Dia 20 de dezembro deste ano marca o 20º aniversário do retorno de Macau à China. Nesse momento especial, alguns habitantes de Macau receberam a carta de resposta do presidente chinês, Xi Jinping. Em todas as vezes que inspecionou Macau, Xi Jinping fez visitas aos habitantes locais, apesar da agenda sempre apertada.

No dia 31 de maio deste ano, na véspera do Dia das Crianças, Xi Jinping enviou uma carta de resposta aos estudantes da Escola Afiliada à Escola Secundária Hou Kong, encorajando as crianças a estudar com mais afinco para desempenhar seu papel na construção de uma Macau melhor quando crescem.

Na visita a Macau em 2014, Xi Jinping visitou a família Tan Yu’e, que acabou de se mudar para a sua nova casa em Seac Pai Van, maior projeto de habitação pública de Macau. O líder chinês ficou satisfeito com a atmosfera harmoniosa desta família e os êxitos registrados por Macau na melhoria do bem-estar dos habitantes locais.

Chen Yulian, um dos membros de um dos lares para idosos de Macau, recebeu neste ano a carte de resposta do presidente. Na carta, Xi Jinping deseja a Chen e a todos os idosos da China muita saúde e longevidade.

Tradução: Li Jinchuan

Revisão: Erasto

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Beijing acolheu uma grande neve
Um hotel feito de gelo e neve em Mohe
Paisagem da montanha Wuyi,província de Fujian
Competição de produtos feitos de barro foi realizada em Chongqing
O mar de nuvens na alvorada do inverno na cidade de Puer, província de Yunnan
Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou

Notícias

Canal esportivo do CMG é acessível em Macau
Primeiro porta-aviões produzido pela China é entregue à Marinha chinesa
Filme “Desfile Militar do Dia Nacional da China 2019” estreia em Tóquio
Recepção do 20º aniversário do retorno de Macau à China é realizada no Brasil
Simpósio em Beijing discute contribuição da China ao mundo
Memórias de Macau II: Xi Jinping elogia sucesso de “Um País, Dois Sistemas” em Macau