Comentário: Povo chinês nunca cedeu a qualquer ameaça externa

Fonte: CRI Published: 2019-11-29 21:43:16
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Dias atrás, o Congresso norte-americano assinou a Lei de Direitos Humanos e Democracia de Hong Kong. Os EUA querem apoiar atos violentos, prejudicar a prosperidade e estabilidade de Hong Kong, interferir na aplicação de “Um País, Dois Sistemas”, e até mesmo obstruir o rejuvenescimento da nação chinesa.

Há longo tempo, os EUA vêm intervido nos assuntos de Hong Kong. Segundo estatísticas, nos 30 anos desde 1984 até 2014, o Congresso norte-americano propôs 60 projetos de lei em relação a Hong Kong. A National Endowment for Democracy (NED) e outras instituições financiaram o evento ilegal da Occupy Central em 2014. Nos últimos distúrbios, vários políticos estadunidenses receberam líderes de grupos de “independência de Hong Kong”. Alguns veículos de imprensa dos EUA invertem o conceito de certo e errado, e algumas instituições não-governamentais do país dão apoio de diferentes formas a atos violentos. A chamada democracia e direitos humanos são apenas uma desculpa para os EUA interferirem nos assuntos internos da China.

O povo chinês nunca cedeu a qualquer pressão externa. No início da nova China, o povo chinês uniu-se para romper o bloqueio dos países ocidentais e nunca sucumbiu, mesmo nos momentos mais difíceis. Desde o retorno de Hong Kong à pátria, o governo central tem apoiado a cidade a resistir à crise financeira asiática e a manter a prosperidade e estabilidade a longo prazo. A nova Lei dos EUA apenas fará com que os chineses conheçam mais claramente a intenção norte-americana e a sua essência de hegemonia, fazendo com que sejam ainda mais unidos na luta contra a ameaça externa.

A China de hoje é mais capaz de enfrentar os desafios externos e certamente adotará contramedidas às condutas irresponsáveis dos EUA, as quais deverão ser assumidas por estes.

Tradução: Florbela Guo

Revisão: Erasto Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidente de El Salvador visitará a China
Presidente dos EUA faz visita surpresa ao Afeganistão
Beijing sedia Diálogo sobre Intercâmbios e Aprendizado Mútuo entre Civilizações
China promoverá estabilidade duradoura do contrato de terra
China e Suriname prometem promover cooperação
China lança novo satélite de observação da Terra