Comentário:Lista negativa de acesso ao mercado cada vez mais completa atrai mais capital estrangeiro

Published: 2019-11-22 21:36:28
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Nesta sexta-feira (22), a China divulgou a lista negativa de acesso ao mercado de 2019. Esta é a primeira vez que o governo chinês faz uma revisão anual da lista, o que significa que o mecanismo de acesso ao mercado da China está cada vez mais completo com base na lista negativa.

O lançamento da lista negativa do ano de 2018 significa que a China começa a implementar completamente o mecanismo da lista negativa de acesso ao mercado. Qualquer empresa tem o direito de acessar os setores que não ficam na lista negativa. Neste ano, a lista negativa foi encurtada em 13%, 20 setores foram liberados aos investidores, o que mostra a determinação da China em mudar o ambiente de negócios e quebrar as barreiras de acesso ao mercado chinês.

A nova versão da lista negativa deste ano deixa o setor terciário em evidência. Nos primeiros três trimestres, o setor terciário ficou com 54% do PIB de toda a China, mas este número ainda é baixo em comparação com os de países desenvolvidos. Por exemplo, a percentagem do setor terciário dos EUA no PIB já atinge 80%, a lacuna é grande, mas os dados mostram ao mesmo tempo que o potencial do setor é grande.

Por exemplo, a lista negativa deste ano liberou a indústria de instalação de institutos de pensão a idosos. Atualmente, a China tem 250 milhões de idosos acima de 60 anos; o processo de envelhecimento da China é óbvio. Com o desenvolvimento da sociedade chinesa, o nível de envelhecimento deveria ser mais profundo. A abertura da lista para o setor vai levar mais empresas a competirem no setor, e resolve, ao mesmo tempo, a grande procura por lares de idosos. A lista vai promover o desenvolvimento da economia chinesa com melhor qualidade devido a grande atenção no setor terciário.

As empresas estrangeiras irão obter mais oportunidades com o mecanismo da lista negativa de acesso ao mercado cada vez mais completo. O mecanismo vai aumentar também a confiança das empresas estrangeiras para investirem na China. Nos primeiros 10 meses deste ano, a China recebeu 33.407 novas empresas estrangeiras. A utilização do capital estrangeiro no país atingiu 7,52 bilhões de renminbis, um crescimento de 6,6% em comparação com o mesmo período do ano passado. O dado mostrou uma confiança cada vez mais maior dos investidores estrangeiros no mercado chinês.

Traduçao: Hao Guo

Revisão: Gabriela Nascimento



Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong