Comentário: Promoção de diálogo e cooperação necessita de abandonar preconceitos

Fonte: CRI Published: 2019-10-25 09:45:13
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

O vice-presidente dos Estados Unidos, Michael R. Pence, proferiu nesta quinta-feira (24) um discurso sobre as questões da China, se referindo aos aspectos comercial, militar, religioso e dos direitos humanos. Ele também abordou os temas de Xinjiang e de Hong Kong. Algumas das suas palavras violam os princípios de respeito mútuo à soberania e integridade territorial e de não interferência nos assuntos internos um do outro, que são essenciais para desenvolver as relações sino-norte-americanas. No entanto, Pence também expressou a vontade de diálogo e colaboração, o que é benéfico para os dois países continuarem a eliminar as divergências.

A nova rodada de consulta comercial entre a China e os EUA conseguiram progressos substanciais, estabelecendo uma base importante para a assinatura de acordos em fases. Ambos os lados devem tratar adequadamente das preocupações mútuas com base de igualdade e respeito mútuo e ampliar a cooperação de benefício recíproco, de forma a concretizar o desenvolvimento comum. Somente assim, a China e os EUA podem fazer uma opção correta tanto para as duas nações, quanto para o mundo inteiro.

Tradução: Zhao Yan

Edição: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong