China realiza reunião paralela sobre direitos humanos na ONU

Published: 2019-09-10 16:06:21
Comment
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

A Sociedade Chinesa para Estudos de Direitos Humanos da China realizou nesta segunda-feira (9) uma reunião paralela na sede da ONU em Genebra. O evento, que focou no desenvolvimento dos direitos humanos da China nos últimos 70 anos, ocorreu durante a 42ª conferência do Conselho dos Direitos Humanos da Organização.

A vice-secretária-geral da entidade chinesa, Wu Leifen, que presidiu a reunião, afirmou que, desde a fundação da República Popular da China há 70 anos, o país tem prestado muita atenção à proteção dos direitos humanos e tem persistido na combinação dos princípios universais e a situação real do país. O setor obteve resultados notáveis e criou milagres graças aos esforços do país.

Com exemplos e números alcançados em seus estudos, estudiosos chineses e estrangeiros apresentaram experiências chinesas nos aspectos da promoção dos direitos humanos por meios jurídicos, proteção dos direitos humanos das minorias étnicas e contribuição da China para este setor no mundo.

Cerca de 50 diplomatas de vários países e representantes de organizações internacionais compareceram ao evento.

Tradução: Paula Chen

Revisão: Diego Goulart

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Festival Internacional de Lanternas de Macau
Campeonato Mundial de Wingsuit Flying de 2019 realizado em Zhangjiajie
Bélgica, terra do chocolate
“Cidade Proibida” feita de 500 mil legos apresentada ao público
Museu do Palácio organiza exposição com tema de flores e árvores para celebrar o Dia Nacional
Flores em floração em Changchun

Notícias

Comentário: Crescimento estável do comércio exterior da China mostra resiliência da economia
Empresário dos EUA, Scott Kronick: “Experiência na China definiu minha vida”
China emite moeda comemorativa para celebrar 70º aniversário do país
Rio realiza Copa China para celebrar estabelecimento das relações diplomáticas
Heilongjiang segue caminho de desenvolvimento de alta qualidade
Incêndio em navio de cruzeiro causa 34 mortes na Califórnia