Queda da taxa de natalidade afeta Taiwan

Fonte: Xinhua Published: 2019-08-28 19:58:47
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Taiwan registrou um crescimento negativo populacional pela primeira vez nos primeiros seis meses deste ano devido à queda da taxa de natalidade comparada com os anos anteriores.

Os últimos relatórios mostraram que 88.098 pessoas morreram em Taiwan de janeiro a junho deste ano, enquanto apenas 86.961 bebês nasceram.

A mídia local reportou que, se essa tendência continuar no segundo semestre deste ano, o crescimento da população nativa de Taiwan para 2019 poderá ser negativo, antecipando a previsão anterior que era de 2020.

As autoridades locais disseram que a forte mão-de-obra, uma das vantagens da ilha, desaparecerá completamente em 2027, representando uma grande ameaça à sua competitividade econômica.

Especialistas apontaram que a situação pode melhorar porque, normalmente, nascem mais bebês no segundo semestre do ano e a taxa deste ano não deve indicar uma tendência de longo prazo.

Os dados mostraram que 181 mil bebês nasceram em Taiwan em 2018, 7,2% a menos que no ano anterior. Em comparação com 10 anos atrás, as mulheres na ilha agora também tendem a dar à luz em idade mais avançada.

As autoridades de saúde apontaram em um relatório recente que o número de pessoas acima de 65 anos representava 14,6% da população total de Taiwan em 2018, indicando que Taiwan se tornou uma sociedade envelhecida. Prevê-se que a proporção atinja 20,7% até 2026.

O envelhecimento da população aumentou o número de casos envolvendo heranças imobiliárias. Os dados das autoridades do Interior mostraram que o número de propriedades herdadas ou transferidas em Taiwan atingiu um recorde de 28.100 no primeiro semestre deste ano.

A taxa de natalidade reduzida também afetou as escolas. Um total de 125.492 estudantes em Taiwan se matriculou em escolas secundárias, deixando quase 80 mil vagas na meta de matrículas dessas escolas para este ano, segundo as autoridades educacionais da ilha.

As autoridades também esperam que o número de novas matrículas nas escolas secundárias continue a cair nos próximos anos, com um impacto particular nas escolas privadas.

As autoridades educacionais de Taipei disseram que estão diminuindo o número das turmas para 36 alunos por classe, sendo que em 2013 eram de 40 alunos. A partir de 2020, as escolas secundárias públicas e as escolas profissionalizantes da cidade reduzirão ainda mais o número de alunos, 35 para cada turma.

Em contrapartida, ter menos filhos permitiu que os pais se preparassem melhor para o futuro das crianças. De acordo com o Taipei Fubon Bank, cerca de 250 mil contas bancárias foram abertas para crianças, com um montante médio de 380 mil novos dólares de Taiwan (US$ 12.100) para cada conta. Mais de 30% dos correntistas são menores de cinco anos.

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Vista aérea do Lago Oeste em Hangzhou
Festival Internacional de Circo da China realizado em Zhuhai
Reserva Nacional Natural de Wanglang, na província de Sichuan
Cenário de neve no parque Beiling em Shenyang
Panda gigante brinca na neve em Heilongjiang
Paisagem do lago Ruqin no ponto turístico de Lushan em Jiangxi

Notícias

Presidentes da China e do Suriname reúnem-se em Beijing
Presidente chinês salienta importância de cultivar talentos militares
Políticos dos EUA difamam a imagem da China com intenções sinistras, disse porta-voz da Chancelaria
Comentário: Investidores globais estão otimistas com o mercado de capitais da China
Compatriotas de Taiwan têm tratamento igualitário em mais setores na parte continental chinesa
Alto funcionário do PCCh critica ato dos EUA sobre Hong Kong